João Pessoa
Feed de Notícias

Secretaria faz balanço de ações do Estado no setor turístico em 2009

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010 - 17:14 - Fotos: 
O trade turístico paraibano reuniu-se recentemente com o secretário de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico (SETDE), Edivaldo da Nóbrega, e com o presidente da Empresa Paraibana de Turismo S/A (PBTur), Rodrigo Freire, a convite da sua proprietária do Hotel Hardman, Manuelina Hardman, com o objetivo de realizar balanço das atividades desenvolvidas pelo Governo do Estado no setor turístico. Na ocasião, o secretário fez uma avaliação das reivindicações do trade constantes em documento de 15 itens, entregue ao governador José Maranhão.

Sobre a reação dos operadores do setor às ações desenvolvidas pelo Governo, Edivaldo disse que “foi muito positiva e se constituiu numa oportunidade de apresentarmos todas as ações realizadas durante o ano de 2009 no setor de turismo e uma forma de interagirmos com os membros do trade, podendo ouvir novas propostas e tomar conhecimento de que o trade avalia como significativas as ações realizadas pelo Governo de José Maranhão. Por sugestão do trade, deveremos realizar reunião todos os meses”.

O documento – No encontro, o secretário citou item por item do documento dos empresários mostrando as providências adotadas por determinação do governador do Estado. No primeiro, “criar condições legais que permitam a eliminação dos gargalos que põem obstáculos ao início das obras de construção do Centro de Convenções de João Pessoa”, ele lembrou que “o Pólo Cabo Branco já foi liberado, o Centro de Convenções está sendo executado e com previsão de inaugurar em julho deste ano, a primeira etapa de sua construção”.

Item dois: atualização e a devida operacionalização do Projeto Amanhecer, com a imediata aplicabilidade da marca ‘Paraíba. A Tranquilidade Existe’. Edivaldo assegurou que “o plano está sendo atualizado e a entrega da primeira parte (plano um) deve ser entregue ainda neste mês de fevereiro, registrando o que foi realizado, o que não foi e deve ser concluído, e novas ações que deverão fazer parte deste novo plano, durante 2010”.

Garantiu que “até o final do mês de março deste ano será apresentado um novo plano – o dois, com ações a serem realizadas no período de 2010 a 2014; esses dois planos estão sendo realizados por equipes técnicas de instituições que compõem o Conselho Estadual de Turismo (Condetur), que é coordenado pela SETDE”.

Costa do Sol – Quanto à privatização da rede hoteleira pertencente ao Governo da Paraíba, com a utilização dos recursos obtidos em fundo específico para divulgar o produto turístico Paraíba, ele destacou que “a decisão do Conselho Deliberativo da PBTtur Hotéis é de que sejam negociados os hotéis de Brejo das Freiras e Bruxaxá. Quanto aos outros, a situação de cada um está sendo analisada”.

Sobre a instituição de um Grupo de Trabalho para propor a retomada das negociações com o Condomínio do Projeto Costa do Sol, visando o início de sua implantação ainda no Governo Maranhão III, bem como a realização de um Seminário Técnico para investidores no citado Projeto, sustentou que já existe grupo de trabalho realizando essas negociações, composto pelos secretários e dirigentes de entidades ligadas ao setor turístico.

Critérios técnicos – Sobre a elaboração de projeto para aproveitamento sustentável pela indústria do turismo e da construção civil das valorizadas glebas que margeiam a nova BR-101 em solo paraibano, Edivaldo garantiu que “a ação está dentro da programação do segundo plano de turismo (2010/2014)”.

Quanto à determinação aos órgãos responsáveis que só critérios técnicos sejam utilizados nas decisões de apoio aos eventos populares nos diversos municípios paraibanos, assegurou que “com a instalação do Conselho de Turismo isso já está sendo aplicado”.

Museu do Estado – No tocante ao pedido para que seja reformulado o Condetur permitindo assim que esse colegiado tenha caráter paritário (público e privado) e ganhe  mais funcionalidade, afirmou que “o Conselho já está funcionando desde o ano passado de forma paritária”.
Sobre a construção do Museu do Estado e criação de programas para permitir que os específicos e diferenciados traços da cultura paraibana se integrem efetivamente na composição comercial do produto turístico paraibano, disse que as providências estão sendo encaminhadas pela Secretaria de Educação.

Item nove: estabelecer políticas que focam uma maior integração entre o Governo do Estado e a iniciativa privada, visando principalmente a montagem de estratégias de marketing da venda do produto Paraíba. “Novo projeto já foi elaborado e deverá ser licitado o mais breve possível”, informou.

Malha aérea – Quanto ao Governo iniciar gestões para que o Aeroporto Castro Pinto se torne, de direito e de fato, um aeroporto internacional, inclusive com sua transformação em Centro Regional de Cargas, o secretário respondeu que “a partir de abril deste ano o equipamento já estará em condições de receber vôos internacionais. Inclusive, foi fechado acordo entre o Governo do Estado e a empresa Fly Brasil para que a partir de abril de 2010 o Castro Pinto receba, semanalmente, vôo charter da Holanda com turistas de vários países europeus”.

Já quanto a negociar com empresas aéreas a reestruturação de nova malha aérea regional, evitando prejuízos econômicos ao Estado como está ocorrendo, Edivaldo garante que “foi criada comissão de secretários que fazem parte do Fornartur – Fórum Nacional de Turismo, que tem como coordenador o secretário Sílvio Leite, do Governo do Estado do Piauí, com a missão de negociar uma nova malha aérea que faça a integração dos noves estados nordestinos”.

Segurança – No item 12, pede-se o fortalecimento da gestão participativa do Trade Turístico com o Governo do Estado, assim como impulsionar políticas públicas nacionais para com o destino indutor (João Pessoa), de modo que favoreçam outras regiões turísticas da Paraíba. O Secretário diz que “isso já está acontecendo. Como exemplo podemos citar a reativação do Condetur, as reuniões permanentes com o trade turístico, as comissões compostas por representantes de vários integrantes do trade turístico e instituições que fazem o turismo no Estado”.

No tocante ao Governo ampliar e reforçar a segurança pública na orla marítima e seu entorno e nas principais cidades turísticas, Edivaldo assegura que “é uma das prioridades do governador José Maranhão”.

No penúltimo item, os empresários pedem que seja produzido um ‘Anuário da Paraíba’, com dados do mercado turístico para que o empresariado possa tecnicamente direcionar novos investimentos ao Estado, destacou que isso está sendo encaminhado pela PBTur.

E, finalmente, sobre a execução de investimentos na divulgação turística da Paraíba, nos grandes centros emissores do País e do exterior, garantiu que “já foram licitados dois projetos para utilização de verba descentralizada pelo Ministério do Turismo e pela Embratur, com a finalidade de divulgar ações dos nove estados nordestinos (internamente e em vários países). Também estão sendo realizadas várias ações para atrair empresários nacionais e internacionais”.

Edson Verber, da Assessoria de Imprensa da SETDE