Fale Conosco

16 de maio de 2011

Secretaria faz balanço da campanha de vacinação contra febre aftosa



A campanha de vacinação contra a febre aftosa destinada a bois e búfalos continua na Paraíba. A Secretaria Estadual do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca (Sedap), realiza nesta segunda-feira (16), às 14h30m, reunião para avaliar os 15 primeiros dias da campanha. O encontro será no Parque de Exposição Henrique Vieira de Melo, na sede da Associação Brasileira de Criadores de Sindi da Paraíba (ABCSindi), em João Pessoa.

Segundo o secretário Marenilson Batista da Silva, estão sendo convidados todos os envolvidos na campanha. Participarão servidores das Unidades de Sanidade Animal e Vegetal (ULSAVs), médicos veterinários, técnicos da Emater, Famup, Faepa, Superintendência do Ministério da Agricultura no Estado da Paraíba, criadores e parceiros na campanha contra a febre aftosa.

A primeira etapa da campanha pretende atingir a totalidade do rebanho bovino e bubalino do Estado, estimado em 1.269.451 bovinos e 1.625 bubalinos. A campanha vai até 31 deste mês e a comprovação da vacina deverá ser feita até o dia 10 de junho, no local onde o produtor tem cadastro do seu rebanho.

Na última etapa, em outubro de 2010, 73,4% dos animais foram imunizados, índice inferior ao exigido pelo Ministério da Agricultura, que recomenda acima de 90%. A maior parte do gado paraibano está localizada em pequenas propriedades e é formada por bovinos para a produção de leite. Também existem criadores de animais de alta linhagem genética no Estado.

A meta é imunizar acima de 90%, por município. A partir daí é possível pleitear junto a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), a mudança de status para zona livre de aftosa já no próximo ano.

“Os criadores devem procurar vacinar seu rebanho até o fim deste mês para que o gado fique imune da doença. Os criadores devem procurar o mais rápido possível comprar a vacina para não sofrer as punições que serão aplicadas, caso o animal não seja imunizado”, alerta o secretário.