Fale Conosco

13 de abril de 2012

Secretaria Especial de Portos manifesta interesse em investir no terminal marítimo de Cabedelo



Novos contatos comerciais e perspectivas de negócios com empresários do país e do exterior foram mantidos pela Companhia Docas da Paraíba na Intermodal South America 2012 que terminou nesta quinta-feira (12), em São Paulo. A feira reuniu durante três dias expositores nacionais e internacionais da América Latina, América do Norte, Europa e Ásia.

Na abertura da Intermodal, o ministro dos Portos, Leônidas Cristino, visitou o estande da Paraíba e pôde conhecer de perto os projetos em andamento para modernização do Porto de Cabedelo, como o de ampliação do calado para 11m de profundidade que vai permitir receber embarcações maiores, a construção de um Terminal de Múltiplo Uso e de um novo berço de atracação. Pela primeira vez, a Paraíba esteve representada na feira que é o maior encontro de logística, transporte de carga e comércio exterior das Américas.

Segundo o presidente da Companhia Docas da Paraíba, Wilbur Jácome, integrantes da Secretaria Especial de Portos (SEP) que estiverem presentes ao evento, manifestaram o interesse do governo federal em investir no Porto de Cabedelo. “O desenvolvimento da Paraíba passa pelo terminal marítimo e é fundamental que novos recursos sejam alocados para garantir uma melhor funcionalidade do Porto”, disse.

O vice-presidente da Docas, Antônio Ricardo de Andrade, que integrou a comitiva paraibana, afirmou que a feira é um importante canal de divulgação e prospecção de negócios. “Cumprimos o papel de integrar e promover nossas potencialidades no mercado latino-americano e fortalecer nossa presença como uma opção logística de movimentação de carga. É incrível como muitos profissionais de logísticas não tinham acesso às informações sobre nosso porto. E durante a feira tivemos a oportunidade de divulgar”, concluiu.

O stand da Paraíba ocupou uma área de 36me contou com a participação de empresas parceiras como as agências marítimas Heitor Gusmão e Paraibana, o escritório Lauro Vitor de despachos aduaneiros e os operadores portuários Marajó Transportes e Sea Port.

Durante a feira, o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, e o ministro da SEP, José Leônidas Cristino, anunciaram o lançamento do Plano Nacional de Logística Integrada (PNLI), que vai analisar de forma conjunta os projetos de investimentos nos portos, rodovias, ferrovias e hidrovias até 2030.