João Pessoa
Feed de Notícias

Secretaria discute políticas públicas e aplicação de leis que protegem direitos das mulheres

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011 - 12:20 - Fotos: 
A Secretaria Estadual da Mulher e da Diversidade Humana buscará a ampliação de políticas públicas voltadas para a mulher e a efetiva aplicação de leis que garantem direitos a elas, mas que nunca saíram do papel.

Na área de saúde, o objetivo é fortalecer o combate à mortalidade materna e implantar o processo de humanização do parto. Também será implantada a comissão de monitoramento das vítimas de violência e a Câmara Estadual de Atenção às Mulheres e Adolescentes Vítimas de Violência.

A secretária Iraê Lucena (Diversidade Humana) e o secretário Mário Toscano (Saúde) se reuniram para discutir o encaminhamento dessas demandas. O encontro também teve a presença do secretário executivo Waldson de Souza e da prefeita de Lagoa de Dentro, Sueli Freire.

A secretária solicitou atenção especial, também, para efetivação da Semana Estadual de Orientação sobre Gravidez na Adolescência e da Semana Estadual da Saúde da Mulher e da Notificação Compulsória.

A prefeita Sueli Freire também reivindicou apoio para a ampliação de políticas públicas de saúde para mulher em sua cidade. O município, que fica a aproximadamente 100 quilômetros de João Pessoa, já dispõe de uma associação que se destina ás questões das mulheres, onde uma equipe multidisciplinar faz até 100 atendimentos por mês, da ginecologia ao psicológico.

A associação atua em parceria com o Conselho Tutelar e a Defensoria Pública da região, que oferecem serviço gratuito para encaminhar questões como pensões alimentícias e resolver conflitos sociais.

A prefeita Sueli Freire pretende implantar, em março, a Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres. Ela ampliar os serviços e dobrar o número de mulheres atendidas.

Sueli Freire destacou a importância da Secretaria Estadual da Mulher e da Diversidade Humana neste processo: “O apoio logístico da Secretaria é fundamental. Isso porque podemos adquirir conhecimentos com uma equipe melhor preparada”, enfatiza. Ela acredita que a parceria com os governos estadual e federal vai impulsionar essas ações.