Fale Conosco

12 de junho de 2018

Secretária de Estado da Saúde presta contas das ações na Assembleia Legislativa



secretaria Saude Veras presta contas da gestao na AL foto ricardo puppe 1 270x191 - Secretária de Estado da Saúde presta contas das ações na Assembleia LegislativaA secretária de Estado da Saúde, Claudia Veras, fez uma prestação de contas das ações na área no primeiro quadrimestre de 2018, no final da manhã desta terça-feira (12), durante audiência pública da Assembleia Legislativa, atendendo convocação da Comissão de Saúde, Saneamento, Assistência Social, Segurança Alimentar e Nutricional. A sessão contou com as presenças dos deputados estaduais Estela Bezerra, Hervázio Bezerra, Renato Gadelha; da secretária executiva da Saúde, Maura Sobreira, gerentes executivos, operacionais e diretores de unidades de saúde do estado.

Claudia Veras destacou a conclusão do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires como o grande feito do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, nos primeiros quatro meses do ano de 2018. “Com o Metropolitano, os paraibanos passaram a ter atendimento nas áreas que mais havia necessidade: a cardíaca e neurológica, pois enfarto e AVC são as duas maiores causas de morte”, ressaltou.

A secretária ainda mostrou os números enfatizando que o principal gargalo da saúde é o subfinanciamento. De janeiro a maio de 2018, os recursos repassados pelo Ministério da Saúde para os procedimentos de média e alta complexidade foram R$ 100 milhões para o estado e R$ 664 milhões para os municípios. “A maior verba vai para os municípios, mas o estado é responsável pelas maiores unidades de saúde”, observou.

Durante a prestação de contas, Veras disse ainda que a Paraíba é um estado pobre com muitas necessidades em várias áreas, lembrando também que outro grande problema é a judicialização. “É um dos principais desafios da Saúde. A judicialiazação é muito perversa, pois não deixa que consigamos cumprir uma programação”, afirmou.

O deputado Hervázio Bezerra sugeriu que seria muito proveitoso para toda a sociedade que houvesse uma conscientização da Justiça no sentido de saber o que é de responsabilidade do estado e dos municípios.

O deputado Renato Gadelha, que presidiu a audiência, agradeceu a presença da secretária e elogiou a prestação de contas que, segundo ele, esclareceu o bom trabalho que a SES vem realizando, apesar das dificuldades financeiras. “Temos que achar uma nova fonte de recursos”, sugeriu.

Ao final da audiência, a deputada Estela Bezerra ressaltou a qualidade técnica da equipe da SES, que trabalha norteada pela defesa do SUS e da saúde coletiva e preventiva.