Fale Conosco

19 de agosto de 2013

Secretaria de Administração Penitenciária lança campanha de arrecadação de livros



Cidadania é leitura, ressocialização é educação’. Este é o tema da campanha lançada pela Gerência de ressocialização da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), com o objetivo de formar um acervo de obras literárias, com clássicos, romances, livros científicos e filosóficos, destinados ao fomento à leitura dentro das unidades prisionais e aos cursos de educação formal que já estão em funcionamento.

O secretário de Administração penitenciária, Wallber Virgolino falou da iniciativa. “Com esta campanha, estamos fazendo um apelo à sociedade civil, para que a mesma possa fazer a sua parte e contribuir com o processo de ressocialização no Estado da Paraíba. Entendemos que através de ações como esta, numa parceria entre o governo e a população, poderemos melhorar gradativamente o sistema prisional do estado e consequentemente, preparar as pessoas que se encontram em situação de cárcere, para o retorno à sociedade”.

A Gerente Executiva de Ressocialização da Seap, Ziza Maia, afirmou. “A leitura abre novos horizontes e permite a visualização de novos universos. A descoberta da leitura pode fomentar o desejo para o ingresso na educação formal, por isso é muito importante a adesão das pessoas nesse processo de contribuição para a mudança de postura das pessoas que cumprem pena, para que possam se reinserir na sociedade, portanto, é um exercício de cidadania”.

Os livros arrecadados serão distribuídos de forma proporcional à população carcerária de cada unidade, sob coordenação da gerência de ressocialização da Seap.

Confira os pontos de arrecadação dos livros

- Gerência de Ressocialização da Seap, localizada no Centro Administrativo Estadual. (João Pessoa)

- Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice (João Pessoa)

- Penitenciária Jurista Angello Amorim – Monte Santo – Campina Grande

- Penitenciária feminina (Patos)

- Cadeia Pública de Sousa

- Cadeia Pública de Guarabira

* Nos demais municípios, as doações podem ser realizadas nas cadeias públicas.