João Pessoa
Feed de Notícias

Secretaria da Saúde recebe primeiras doses da vacina contra gripe A

segunda-feira, 1 de março de 2010 - 14:08 - Fotos: 
As primeiras 55 mil doses da vacina contra a influenza A (H1N1) devem chegar à Paraíba nesta quarta-feira (03). Os últimos detalhes para a campanha de vacinação, que começa na próxima segunda-feira (8), foram repassados pelo coordenador de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Walter Albuquerque, na manhã desta segunda-feira, no Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor), na Capital. Participaram da reunião, secretários municipais, técnicos da atenção básica, vigilância epidemiológica, imunização e vacinadores dos 25 municípios que formam a 1ª Gerência Regional de Saúde.

Walter Albuquerque, que esteve em Brasília para a definição do novo calendário de vacinação, ressaltou que a escolha dos grupos prioritários para a imunização contra a influenza A foi baseada na situação epidemiológica do país, em 2009. “A campanha será destinada a grupos que foram mais afetados pela gripe A. São pessoas que têm alguma doença de base, crianças menores de dois anos, indígenas, pessoas entre 20 e 39 anos e os profissionais de saúde”, lembrou.

Contraindicação – Quem está dentro dos grupos que necessitam tomar a vacina contra a gripe A deve ficar tranqüilo, porque não existe contraindicação para a vacina. “Só quem tem algum tipo de alergia à proteína do ovo da galinha deve evitar a vacinação. As pessoas que estiverem com febre alta ou algum tipo de infecção grave deve adiar a vacinação”, explicou.

Ele destacou que as pessoas que procurarem os postos de vacinação devem levar a identificação pessoal. “Estamos orientando para que todas as pessoas que estejam dentro dos grupos prioritários que levem uma identificação. Quem tem doença de base deve levar um documento que comprove isso, como um laudo médico ou atestado. As crianças devem levar o cartão de vacinação”, destacou.

Campanha – Na Paraíba, a meta é imunizar 1.750.000 pessoas, que devem procurar os 1.007 postos de vacinação, distribuídos nos 223 municípios do Estado. Devem trabalhar na campanha 5.583 profissionais da saúde. Segundo Walter Albuquerque, o primeiro grupo a ser beneficiado com a imunização é formado por trabalhadores da saúde e os indígenas.

“Esta primeira fase representa 53 mil pessoas. Depois, serão incluídas as pessoas que têm doenças crônicas, as crianças e as gestantes, que juntos representam 200 mil pessoas”, disse. O Ministério da Saúde vai enviar as doses aos Estados, de acordo com os grupos a serem vacinados. As primeiras 55 mil doses da vacina são do Instituto Butantan.   

O calendário está definido da seguinte forma: de 8 a 19 de março será vacinado o grupo formado pelos indígenas e trabalhadores da saúde; de 22 de março a 7 de maio serão as gestantes; de 22 de março a 2 de abril são os doentes crônicos e as crianças de 6 meses a dois anos;  de 5 a 23 de abril segue a vacinação para quem tem entre 20 a 29 anos; de 24 de abril a 7 de maio são os idosos com doenças crônicas e de 10 a 21 de maio vão ser vacinadas as pessoas na faixa etária de 30 a 39 anos de idade.

Assessoria de Imprensa da SES-PB