João Pessoa
Feed de Notícias

Secretaria da Saúde implanta oficialmente Núcleo de Economia da Saúde

quinta-feira, 7 de março de 2013 - 18:00 - Fotos:  Ricardo Puppe

O Governo do Estado implantou, nesta quinta-feira (7), o Núcleo Estadual de Economia da Saúde, um conjunto de práticas de gestão que vai contribuir para assegurar a eficiência dos recursos investidos na saúde pública. A solenidade aconteceu durante o I Encontro Para o Desenvolvimento da Economia da Saúde, que tem como principal objetivo discutir novas ferramentas para uma gestão eficaz dos recursos.

O evento, que acontece até esta sexta-feira (8) na Casa Recepções Versailes, no Bairro dos Estados, em João Pessoa, está reunindo gestores, diretores de hospitais e outras unidades de saúde de todo o Estado, além de técnicos da Secretaria de Estado da Saúde e representantes do Ministério da Saúde.

O secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza, disse que com a criação do Núcleo de Economia, o Estado vai dispor de mais uma ferramenta para gerenciar e aplicar melhor os seus recursos. “A nossa preocupação é otimizar os recursos  para que a população possa desfrutar de um serviço com qualidade, eficiência e, acima de tudo, humanizado”, destacou o secretário, que fez uma explanação sobre a estrutura e as ações de saúde ofertadas pelo Governo do Estado a população paraibana.

Waldson Souza lembrou que, desde que assumiu o Estado, a cada dia, o governador Ricardo Coutinho tem procurado melhorar  e ampliar cada vez  mais os serviços prestados na área de saúde. Os investimentos vão desde a construção, ampliação e reformas de unidades de saúde realizadas em parceria com os municípios, a aquisição de equipamentos e a qualificação dos profissionais de saúde. “Hoje podemos dizer que temos uma rede de saúde estruturada e funcionando a contento, estamos acabando com o ‘vazio assistencial’ que existia na saúde  e  tudo isso foi conseguido  com muito esforço e dedicação de toda uma equipe que sempre se preocupou com o crescimento da Paraíba e com melhores condições de vida para a população”, destacou.

A diretora geral de Economia da Saúde, do Ministério da Saúde,  Fabíola Sulpino Vieira,  disse  que esse momento é muito importante para a Paraíba e para o Brasil,  pois a criação desse Núcleo de Economia será mais uma ferramenta  para gerenciar os destinos dos recursos direcionados a saúde de forma eficaz e racional. “Quando você usa o recurso de forma equilibrada, você tem condições de ampliar a oferta de serviços e melhorar o atendimento à população”, destacou.

Ela disse que para gerenciar esses recursos, O Governo do Estado vai dispor de várias ferramentas com a adoção de estratégias de gestão e  de gastos e custos,  com um Banco de Preços em Saúde, que disponibiliza  o valor  dos equipamentos e outros serviços praticados pelo mercado, como também do Sistema de Informação  Sobre Orçamento Público em Saúde  (Siops). “Além disso, o próprio Estado pode criar suas próprias ferramentas de trabalho”, finalizou.

O consultor do Ministério da Saúde, Elias Antônio Jorge, um dos idealizadores do serviço Economia da Saúde do Ministério da Saúde, destacou que acredita na força e na determinação do secretário da Saúde, Waldson Dias Souza, para que esse Núcleo de Economia possa funcionar de maneira eficaz  e com  isso conseguir os seus objetivos. “ Para mim é um privilégio muito grande está aqui participando da implantação desse Núcleo de Economia, que representa mais uma consolidação do SUS  e não tenho dúvidas de que posteriormente estarei aqui para colher os bons frutos desse serviço”, afirmou. 

O evento contou ainda com a presença de Andrea Mendes, coordenadora do Programa Nacional de Gastos e Custos do Ministério da Saúde, da secretária de Finanças do Estado, Aracilba Rocha, que representou o governador Ricardo Coutinho, e da secretária Executiva de Saúde da Paraíba, Cláudia Veras. 

Sobre Núcleo – O projeto de implantação foi desenvolvido a partir do interesse da Secretaria da Saúde no Programa Nacional de Custos (PNGC) e a partir de encontros realizados pelo Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento (DESID/SE/MS) e envolvendo ainda outras organizações, como a Associação Brasileira de Economia da Saúde (Abres), na estruturação do núcleo.

A coordenadora do Núcleo de Economia da SES, Shirleyanne Brasileiro, explicou que o serviço estará apto a realizar atividades relacionadas ao manuseio dos sistemas de informação gerenciados pelo Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento e disseminar programas e projetos no âmbito estadual atuando na elaboração de estudos econômicos, especialmente com vistas a promover a avaliação de tecnologias na implementação do Programa Nacional de Gestão de Custos, dando apoio ao Estado e aos municípios na declaração de dados ao Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS), apoio à alimentação do Banco de Preços em saúde pela Secretaria de Saúde e na utilização das referências do Catálogo de Materiais (Catmat) para promover economia em compras de insumos e equipamentos para a saúde e, ainda, apoio às instâncias de gestão do SUS na elaboração e avaliação da execução dos orçamentos da Saúde.