João Pessoa
Feed de Notícias

Secretaria da Saúde ganha decoração especial na campanha Outubro Rosa

sexta-feira, 2 de outubro de 2015 - 12:24 - Fotos:  Secom-PB

A sede da Secretaria de Estado da Saúde (SES), na Avenida D. Pedro II, em João Pessoa, recebeu uma decoração e iluminação especial em comemoração à campanha Outubro Rosa. O prédio ganhou iluminação cor-de-rosa e laços da mesma cor, símbolos da campanha de prevenção ao câncer de mama, promovida pelo Governo do Estado.

Além disso, foram produzidas camisetas, broches e material informativo sobre o tema. A recepção da SES foi decorada com uma “árvore de laços”, que representa as mulheres paraibanas. “Junto com o Outubro Rosa, está chegando a primavera e, com ela, essa renovação de esperanças, de novas perspectivas e de um novo olhar, um olhar mais cuidadoso com as mulheres do nosso Estado. Esta árvore simboliza todas as mulheres guerreiras do nosso Estado. Com raízes profundas, são mulheres que não se cansam, não desistem de lutar pela vida. E assim, junto com essas mulheres, cada dia mais nos fortalecemos nessa luta”, disse Adélia Gomes, da Coordenação Estadual da Saúde da Mulher.

A campanha acontece em todo o Estado com o incentivo às mulheres para procurarem as Unidades de Saúde da Família (USF) dos seus municípios, com o objetivo de realizarem exames de mamografia de rastreamento na faixa etária de 50-69 anos, para a busca da prevenção contra o câncer de mama, o que mais acomete as mulheres, tanto em países desenvolvidos, como em desenvolvimento.

O nome Outubro Rosa remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama. O propósito é chamar a atenção para a importância do cuidado com o corpo, com ênfase nas mamas, por parte das mulheres.

CEDC – Durante todo o mês de outubro, o Centro de Diagnóstico do Câncer oferece atendimento às mulheres com suspeita ou diagnóstico de câncer de mama, para acompanhamento e encaminhamento aos serviços especializados, quando necessário. O Centro tem estrutura para receber toda a demanda do Estado, com profissionais qualificados para os procedimentos de diagnósticos. Aliado a isso, têm laboratórios de citologia e patologia que auxiliam na confirmação do diagnóstico.

Óbitos e casos – Na Paraíba, foram registrados, em 2015, 143 óbitos. Em 2014, foram 241 e em 2013, foram 212 óbitos. Para os anos de 2014 e 2015 são esperados, na Paraíba, 750 novos casos. Em João Pessoa, estima-se 260 novos casos e com um risco estimado de 66,48 a cada 100 mil mulheres.

Câncer de Mama – Os principais fatores de risco para desenvolver o câncer de mama são o envelhecimento, a vida reprodutiva da mulher, história familiar de câncer de mama, sedentarismo, idade, entre outros. O objetivo da detecção precoce é reduzir a mortalidade por câncer de mama, por meio do exame clínico anual, a partir dos 40 anos e da mamografia, no máximo, a cada dois anos, para mulheres de 50 a 69 anos.

Uma das ações da Atenção Básica dos municípios é destinada ao cadastro e identificação das mulheres, a partir dos 40 anos, para desenvolver ações de promoção, prevenção, rastreamento/detecção precoce e cuidados paliativos.