Fale Conosco

13 de março de 2013

Secretaria da Mulher participa de lançamento de plano contra a violência



Representantes da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana (SEMDH) participam, nesta quarta-feira (13), do lançamento do programa “Mulher: Viver sem Violência”, no Palácio do Planalto, em Brasília. A solenidade será conduzida pela presidenta da República, Dilma Rousseff, e pela ministra Eleonora Menicucci, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR).

A secretária titular da pasta, Gilberta Soares, destaca a expectativa para o lançamento do pacote de ações contra a violência, além de um edital específico para apoiar ações na área de violência. “Vamos conhecer as ações que serão apresentadas para atuar de maneira integrada entre Governo Federal, Estados e municípios; com certeza, vamos fortalecer  a rede de serviços”, disse Gilberta.

A iniciativa visa integrar os serviços públicos – grande parte criada e mantida pelo Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, coordenado pela SPM – e organizar o atendimento humanizado às vítimas. Está prevista a cooperação técnica entre o Governo Federal e o Poder Judiciário, a Defensoria Pública e o Ministério Público.

Na ocasião, serão apresentadas ações para os centros de atendimento às mulheres em áreas de fronteiras e campanhas educativas para prevenção e enfrentamento da violência. São aguardadas autoridades dos Três Poderes, governadores e representações da sociedade civil.

Em alusão ao Dia Internacional da Mulher, será entregue o Prêmio “Mulheres Rurais que Produzem o Brasil Sustentável”, promovido pela SPM e parceiros, a grupos e organizações produtivas que tenham se destacado no fortalecimento da sustentabilidade em condições de segurança e soberania alimentar.

Oficina – Enquanto isso, a SEMDH realiza hoje uma oficina com gestoras de políticas para mulheres dos municípios paraibanos para apresentar os editais  já lançados pela SPM e discutir formas integradas de apresentação de projetos para convênios com o Governo Federal. Gilberta Soares afirma que “a proposta é interiorizar a política para as mulheres, através do fortalecimento do compromisso dos municípios com essa política em parceria com o Governo do Estado”.