Fale Conosco

10 de abril de 2014

Secretaria da Educação lança projeto “Práticas Alimentares na Escola”



see projeto de praticas alimentares na escola foto sergio cavalcanti 4 270x202 - Secretaria da Educação lança projeto “Práticas Alimentares na Escola”A Secretaria de Estado da Educação (SEE), por meio do Núcleo de Assistência ao Estudante Integrada (Nuaei) da 1ª Gerência Regional de Educação (GRE), lançou nesta quinta-feira (10) o projeto “Práticas Alimentares na Escola”. O evento reuniu cerca de 90 coordenadores do programa Mais Educação das escolas de João Pessoa, no auditório do Lyceu Paraibano. O projeto se estenderá a todas as escolas da 1ª Gerência Regional de Educação.

Queremos envolver a comunidade escolar, de uma forma interdisciplinar, onde os professores serão multiplicadores passando aos alunos o que é uma alimentação saudável”, contou Paula Lira de Sousa, coordenadora do Nuaei.

see projeto de praticas alimentares na escola foto sergio cavalcanti 5 270x202 - Secretaria da Educação lança projeto “Práticas Alimentares na Escola”A gerente da 1ª GRE, Wleika Quirino, destacou a importância do projeto. “Oferecemos nas nossas escolas uma alimentação de qualidade, rica em nutrientes e vitaminas, utilizando produtos diversificados, então, passar para os alunos a importância de cada alimento é essencial para que eles cresçam conscientes”, ressaltou a gerente.

O projeto pretende promover o conhecimento do que é oferecido aos alunos nas escolas e da importância dos alimentos. “A origem da beterraba pode ser trabalhada pelo professor de história enquanto o porquê de comer este alimento pode ser abordado pelo professor de ciências. Nossa intenção é que o aluno, sabendo a importância de ingerir determinados alimentos, mude a sua alimentação para melhor”, completou Paula Sousa.

see projeto de praticas alimentares na escola foto sergio cavalcanti 2 270x202 - Secretaria da Educação lança projeto “Práticas Alimentares na Escola”Outra ação do projeto são feiras gastronômicas, que serão desenvolvidas após pesquisas realizadas pelos alunos. Nestas feiras a importância dos alimentos também será trabalhada. “Queremos que os alunos saibam o que comem e a importância daquele alimento, como é o caso do orégano, que é muito ingerido nas pizzas em geral, mas que é rico em muitos nutrientes e pode ser utilizado em outras preparações”, explicou a coordenadora.