Fale Conosco

14 de julho de 2011

Secretaria da Agropecuária criará programa de produção e uso do biodiesel da Paraíba



A Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca (Sedap) realizou uma oficina para construção do Programa de Produção e Uso de Biodiesel da Paraíba a partir do incentivo ao cultivo das culturas do girassol, da mamona, do algodão e da oiticica. Iniciados na quarta-feira (13) e encerrados nesta quinta-feira (14), os trabalhos foram coordenados pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), e teve a participação de parceiros como Petrobras e Banco do Brasil.

Na abertura do evento, que foi realizado no auditório do Verdegreen Hotel, em Tambaú, o secretário Marenilson Batista, da Sedap, falou sobre o interesse do Governo do Estado em consolidar o programa de produção e uso de biodiesel, iniciativa que, conforme enfatizou, vai contemplar principalmente a agricultura familiar.

“O governo tem priorizado o diálogo com parceiros visando consolidar políticas públicas voltadas para os vários setores da cadeia produtiva paraibana”, comentou o secretário, destacando a importância do papel da extensão rural e da pesquisa na organização de todo esse processo.

Durante os debates, conduzidos pelo coordenador de Operações da Emater, Jailon Lopes, e que tiveram a participação do gerente de suprimento da Petrobrás Bicombustível, Silvano Cavalcante, e do consultor da empresa na Paraíba, Alex Carlos Silva, foi apresentada a experiência com a produção das oleaginosas no Estado do Ceará, onde, desde 2007, trabalha-se com essas culturas, inclusive já apresentando resultados positivos.