João Pessoa
Feed de Notícias

Secretaria da Administração Penitenciária encerra Semana da Mulher com programação especial

sexta-feira, 8 de março de 2013 - 19:22 - Fotos: 

A Semana da Mulher na Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) terminou nesta sexta-feira (8) com um café da manhã especial, no Memorial da própria Seap, e um almoço na Penitenciária Júlia Maranhão. A cerimônia contou com a presença de todas as mulheres que trabalham na Secretaria, secretários da pasta e demais gestores, além da primeira dama do Estado, Pâmela Bório.

No café da manhã, o secretário Wallber Virgolino agradeceu a presença de todos, principalmente das mulheres. “Sempre tratei homens e mulheres de forma igualitária e agradeço ao apoio e dedicação de todas as mulheres que fazem parte da Seap”, disse.

O secretário executivo João Bosco Carneiro Júnior afirmou que nos dias atuais as coisas estão diferentes para as mulheres, porque, cada vez mais, elas estão conquistando seus espaços, devidamente merecidos.

Além do café da manhã, outra solenidade também aconteceu para comemorar o dia 8 de março. Um almoço para as mulheres e servidoras na Penitenciária Feminina Maria Julia Maranhão, em João Pessoa. O secretário Wallber Virgolino também marcou presença e disse que essas datas comemorativas merecem um grande destaque por parte da Seap. “Agradeço, mais uma vez, a todas as mulheres que fazem parte do Sistema Penitenciário da Paraíba. Por tudo que elas estão fazendo para melhorar esse Sistema e auxiliando os reeducandos e reeducandas a voltarem para a sociedade de cabeça erguida, com os olhos voltados para o futuro e querendo uma nova chance fora do cércere”, disse o secretário.

A primeira dama do Estado, jornalista Pâmela Bório, também esteve presente e disse que é dever do Estado oferecer oportunidades de ressocialização. “São vários os programas já desenvolvidos aqui neste Presídio Feminino e como Primeira Dama foi uma das minhas primeiras visitas em fevereiro de 2011. Eu estava exatamente neste lugar e em um ano foram estabelecidas novas políticas de saúde. Elas não tinham acesso a esse tipo de assistência médica e preventiva. Como por exemplo, exames de saúde voltados especificamente para as mulheres. E principalmente, esse trabalho de artesanato com bonecas. Pelo depoimento das reeducandas, podemos ver aqui, que elas têm uma nova oportunidade e quando saírem daqui vão ter uma nova vida”, comentou.

Mutirão Judiciário – Um mutirão judiciário foi feito durante todo o dia, no qual o juiz da Vara das Execuções Penais da Capital, Carlos Neves, e a presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, a desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti, concederam a liberdade condicional a 15 apenadas da unidade.

O encerramento da Semana da Mulher contou ainda com verificação de pressão arterial, imunização de hepatite, consultas psiquiátricas e participação do Instituto Embeleze, com higiene corporal e embelezamento das reeducandas.