Fale Conosco

14 de junho de 2012

Seap, UFPB e iniciativa privada melhoram as condições da cozinha no Presídio Feminino



Uma parceria entre a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e iniciativa privada está possibilitando melhorar as condições da cozinha do Presídio Feminino Maria Júlia Maranhão, que ganhará três exaustores de parede. Os exaustores manterão a boa circulação de ar na cozinha e evitarão que a fumaça e superaquecimento atinjam o ambiente.

Dois empresários farão a doação dos equipamentos nesta sexta-feira (15), às 9h. O secretário da Administração Penitenciária, coronel Washington França, auxiliares e representantes da UFPB estarão presentes ao ato. A iniciativa tem por objetivo valorizar o projeto de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos no Presídio Feminino Maria Júlia Maranhão, que conta com várias ações, entre as quais a melhoria das condições internas das detentas.

A ação faz parte do programa “Cidadania é Liberdade”, que promove ações de educação, trabalho, cultura, saúde e família voltadas para a ressocialização dos detentos do sistema prisional paraibano.