Fale Conosco

14 de julho de 2015

Seap instaura sindicância para apurar fuga de reeducandos



A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) instaurou uma sindicância, na manhã desta terça-feira (14), para apurar a fuga de seis reeducandos da Cadeia Pública da cidade de Gurinhém. Uma equipe do Grupo Penitenciário de Operações Especiais (Gpoe) foi deslocada até Gurinhém para fazer uma operação de segurança e a recontagem dos presos.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária, seis reeducandos da Cadeia Pública da cidade de Gurinhém fugiram da cela de número 02, e, segundo a direção da unidade penal, a cela tinha 11 reeducandos quando a fuga aconteceu, mas cinco permaneceram nela.

Conforme o que foi apurado pela Gesipe, os presos teriam cavado um buraco na cela e aproveitaram o período noturno para realizar a fuga. Durante o ocorrido, os fugitivos também utilizaram uma corda feita de lençóis para pular o muro da unidade prisional.

Os apenados que fugiram foram: Jarderson Alves da Silva; João Batista Ferreira do Amaral; José Maria dos Santos; Josivaldo Marques Martins; Luiz Antônio Silva Ramos e Sandro Marcolino da Conceição.