Fale Conosco

15 de setembro de 2016

Seap entrega materiais de limpeza produzidos por apenados ao Hospital Napoleão Laureano



A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) realizou, nessa quarta-feira (14), no Centro Administrativo Estadual, a primeira entrega de materiais de limpeza produzidos por reeducandos do sistema prisional paraibano, participantes do projeto Cidadania é Sustentabilidade, desenvolvido pela Gerência de Ressocialização (GER) da Seap. O material será destinado ao Hospital Napoleão Laureano, na Capital.

O projeto é realizado através de uma parceria entre a Seap e a coordenação do Curso de Química do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e objetiva proporcionar à população carcerária, uma orientação quanto à destinação correta e sustentável do óleo de cozinha usado, através da oferta de oficinas de fabricação de sabão artesanal e saneantes domésticos, criando oportunidades empreendedoras e inovadoras para os apenados.

Neste primeiro momento, 10 reclusos da Penitenciária Desembargador Romeu Gonçalves de Abrantes (PB-1) participaram o processo de fabricação dos produtos, iniciado no dia 20 de julho. A iniciativa conta com o apoio de diversas entidades, a exemplo de igrejas e instituições sociais.

A juíza da Vara das Execuções Penais (VEP) da capital, Andréa Arcoverde Cavalcanti, esteve presente na entrega dos produtos e afirmou a sua intenção em consolidar e ampliar as ações. “Eu acredito nesse projeto, pode contar com todo meu apoio, vou investir porque em termos de recursos materiais não é muito, é pouco coisa que pode se transformar em um grande resultado”, avaliou.

“Eu via nesse projeto três valores, primeiro a preservação da natureza, pois estamos reciclando algo que foi utilizado dentro dos presídios. O segundo valor, muito importante, é a reintegração dos apenados, uma vez que estamos capacitando os mesmos para o mercado de trabalho e, além disso, estimulamos as doações, gerando algo bom para a sociedade que é importantíssimo, o terceiro é a limpeza e a higienização das unidades prisionais, que é fundamental para o melhoramento da qualidade de vida desta população”, completou.

O promotor da Promotoria da Tutela Coletiva do Sistema Prisional e Direitos Humanos de João pessoa, Ricardo Medeiros, comentou a iniciativa. “A ideia é fomentar a cidadania das pessoas e o sentimento de coletividade e solidariedade na sociedade civil”.

O major Sérgio Fonseca, que representou o secretário Wagner Dorta na ocasião, ressaltou a busca constante pelo equilíbrio dentro do sistema penitenciário, com a aplicação da disciplina e a implementação de ações concretas de ressocialização.

A gerente de ressocialização da Seap, Ziza Maia, agradeceu a presença de todos e reafirmou o compromisso da GER com a reinserção social de reclusos. “Nós acreditamos muito nas ações de ressocialização e na vontade de muitas pessoas em situação de cárcere que pretendem mudar de vida, por isso, temos a obrigação de oferecer oportunidades para que estas pessoas possam voltar ao seio da sociedade com novos valores e novas perspectivas de vida”, observou.

A coordenadora de nutrição do Hospital Napoleão Laureano, Josilene Venâncio, agradeceu a ação e falou da parceria. “É de suma importância esta parceria entre a Secretaria de Estado da Administração e o Hospital Napoleão Laureano, é uma ajuda a mais, a gente trabalha com 150 leitos, que todos os dias, 3 vezes ao dia, são limpos, porque existe a rotatividade de paciente, então o gasto com material de higiene é muito grande, portanto é uma soma a mais para o nosso hospital filantrópico”, ressaltou.