Fale Conosco

31 de janeiro de 2013

Seap apresenta material apreendido em operação no Presídio do Roger



O secretário de Estado da Administração Penitenciária (Seap), Walber Virgolino, apresentou os resultados da operação de segurança realizada na Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega (Roger) na capital. O procedimento foi realizado, na última terça-feira (29), por homens do Grupo Penitenciário de Operações Especiais (Gpoe), além dos policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e agentes de plantão. Ao todo, foram apreendidos 145 espetos artesanais, 100 carregadores de celular, 78 celulares, 71 facas do tipo peixeira, 58 DVD’s, 01 rádio portátil, 01 vídeo-game e 40 trouxas de entorpecentes (maconha e comprimidos).

O secretário Walber Virgolino destacou o trabalho da equipe e reforçou a intenção da secretaria em moralizar o sistema “Essa é mais uma ação que comprova nosso trabalho que visa o choque de gestão, uma sindicância interna já foi instaurada para apurar as circunstâncias que esse material chegou até as mãos dos apenados, nós contamos com cerca de 30 homens do Gpoe e mais os agentes de plantão que conseguiram localizar esses itens, não vamos admitir que material ilícito esteja com os detentos na Paraíba”, disse Walber.

A operação teve início ainda na segunda-feira (28), logo após o tumulto que deixou 20 feridos e um morto. A ação rápida e efetiva da Seap evitou que a confusão tomasse proporções maiores. “Foi essencial a primeira resposta dos agentes penitenciários que estavam na unidade com o apoio do Gpoe e Bope. A situação foi controlada e teve início o pente fino. Algumas celas foram danificadas e os reparos aconteceram quase que de imediato”, acrescentou o secretário.

Walber Virgolino ainda garantiu que outras ações semelhantes acontecerão nas unidades penais “A Seap seguirá com as operações de segurança nas unidades penais do Estado, já existe um cronograma pré-estabelecido pelo nosso setor de inteligência e a Gerência Executiva do Sistema Penitenciário (Gesipe) que visa garantir a tranquilidade nas unidades”, finalizou. Todo material apreendido será enviado para a Secretaria da Segurança e Defesa Social da Paraíba (Seds).