Fale Conosco

15 de maio de 2013

Saúde realiza reunião com GRS para discutir monitoramento da coqueluche



A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência Executiva de Vigilância em Saúde e Gerência Operativa de Vigilância Epidemiológica – Núcleo de Doenças Transmissíveis Agudas, realizou durante a manhã desta quarta-feira (15), no Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor-PB), uma reunião para discussão de casos e monitoramento da coqueluche no estado da Paraíba. “O objetivo da reunião é fazer uma avaliação quadrimestral da situação epidemiológica da coqueluche na Paraíba, fazendo também o direcionamento de novos casos suspeitos. Queremos fortalecer os municípios no encerramento dos casos da doença”, explicou a técnica responsável, Renata Nóbrega.

 A reunião teve início às 08h00, com uma discussão sobre os casos de coqueluche notificados em 2013. De acordo com dados da SES, só este ano foram notificados 122 casos suspeitos da doença. A discussão teve a participação do Infectologista da SES, Francisco de Assis. Em seguida, houve uma discussão com cada Gerência Regional de Saúde (GRS) presente sobre o acompanhamento da doença em seus municípios. Estiveram presentes na reunião representações das GRS, Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen-PB), Imunização –SES e Núcleo de Doenças Transmissíveis Agudas – SES.

Segundo a chefe do Núcleo de Doenças Transmissíveis Agudas, Anna Estela Pachá, a reunião foi um uma importante ferramenta na orientação da vigilância dos municípios. “Estamos fazendo essas discussões para fechar a questão da vigilância epidemiológica, orientar os coordenadores de vigilância dos municípios para um melhor direcionamento na busca de casos, como também para conduzir a questão laboratorial e a realização da investigação nos municípios. Queremos discutir os casos suspeitos de coqueluche que aconteceram no estado. tanto pra fazer a orientação adequada como o encerramento correto, descartando ou positivando esses casos”, disse.