João Pessoa
Feed de Notícias

Saúde realiza 35 atendimentos médicos durante Fórum de Governança da Internet

quarta-feira, 11 de novembro de 2015 - 10:48 - Fotos:  Ricardo Puppe

Com o objetivo de assegurar um atendimento médico humanizado e uma assistência adequada para os participantes da 10ª edição do Fórum de Governança da Internet (IGF), que necessitarem passar por alguma avaliação, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), montou um posto médico com toda a estrutura necessária com equipes de saúde e equipamentos hospitalar. O posto coordenado pela Gerência Executiva de Vigilância em Saúde e Coordenação de Urgência e Emergência da Secretaria já realizou 35 atendimentos em apenas dois dias.

De acordo com a coordenadora de Urgência e Emergência da SES, Rafaella Keyla, foi realizada uma força tarefa para dar uma assistência adequada com todo o suporte para os participantes e, em caso de necessidade, os usuários são transferidos para uma unidade hospitalar de referência.

Segundo a assessora técnica da Vigilância em Saúde da SES, Bernadete Moreira, os atendimentos são na grande maioria ocorrências simples, a exemplo de tendinite, gripe e mal estar, e que todos estão sendo monitorados pela equipe de vigilância da SES até o final do evento.

“Me sinto honrado em poder contribuir em um evento deste porte. Acho fundamental o funcionamento do posto com toda essa estrutura de qualidade dentro do Congresso, para oferecer uma segurança no que diz respeito à saúde dos participantes”, disse o médico intensivista do Hospital de Trauma, Dr. Thiago Catão, um dos que estão de plantão no local.

A diretora de Políticas Públicas para América Latina e Caribe do Centro Internacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas (ICMEC), Kátia Dantas, foi uma das participantes que procurou o posto nessa terça-feira (10) por causa de um enjoo e destacou a qualidade do atendimento e a estrutura adequada no ambiente.

Estrutura disponibilizada – Para prestar assistência aos participantes do IGF, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, está disponibilizando um ambiente com atendimento médico, Unidade de Pronto Atendimento com dois leitos e mais oito leitos, com desfibrilador, monitor cardíaco, respirador mecânico e carro de parada respiratória.

São quatro ambulâncias, sendo uma do Corpo de Bombeiros, uma do Governo do Estado e duas do Samu (uma de suporte avançado e uma de suporte básico). A equipe é composta por dois médicos plantonistas, dois enfermeiros, dois técnicos em enfermagem, além de oito profissionais do Samu, sendo um médico, um enfermeiro, um técnico, dois condutores e três do administrativo.

Além disso, hospitais da capital estão com leitos de retaguarda para receber os participantes do evento internacional, caso haja necessidade. O Hospital de Emergência e Trauma (um leito clínico e um de UTI); o Ortotrauma, de Mangabeira (um na ortopedia e um na UTI); Hospital Santa Isabel (um clínico e um de UTI); Hospital do Valentina (um leito clínico e um pediátrico); Maternidades Frei Damião e Cândida Vargas (um leito, cada uma), UPAs de Manaíra e do Valentina (um leito de observação, em cada uma), PASM, de Mangabeira (um leito) e ainda tem disponíveis os serviços de referência, Unidade de Saúde das Praias e o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da Torre.

A SES ainda disponibiliza, em regime de plantão 24 horas, equipes de urgência e emergência e vigilância em saúde, com coordenador da área médica.  Após o horário do evento, todas as solicitações serão via 192 (Samu).