Fale Conosco

12 de dezembro de 2015

Saúde participa do lançamento do Mês da Economia Solidária



A Secretaria de Estado da Saúde (SES) participou, na tarde da sexta-feira (11), do lançamento da programação do Mês da Economia Solidária. O evento foi realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária (Sesaes), na sede da PBTur, em João Pessoa. Estavam presentes representantes de várias secretarias de Estado.

O evento foi aberto com a apresentação das crianças Projeto de Inclusão Através da Música e das Artes (Prima). Simultaneamente ao evento, foi realizada a Feira de Comercialização em Economia Solidária, onde artesãos de toda a Paraíba estavam vendendo seus produtos.

A secretária da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária, Ana Paula Almeida, ressaltou a importância do evento. “Economia Solidária é um modo de produzir e vender de forma associada com cooperativas, o que gera lucro sem o caráter do patrão e da exploração. Hoje, no Estado, temos diversas cooperativas trabalhando com artesanato, catadores de resíduos, cultura, entre outros. Estamos trabalhando principalmente com a vertente do consumo de alimentos saudáveis, a questão da agricultura agroecológica, ou seja, sem venenos, assim estamos estimulando essas cooperativas e grupos que trabalham nesse viés do associativismo para exporem seus produtos”, disse.

Paula Almeida lembrou ainda que 26 de dezembro serão realizados vários eventos, tais como feiras, troca de experiências entre cooperativas, simpósios sobre alimentação saudável e segurança sanitária, além do lançamento de moedas sociais e entrega de equipamentos públicos. As atividades serão realizadas nos municípios de João Pessoa, Pombal, Campina Grande, Bananeiras, Lagoa de Dentro, Riachão do Poço, Sapé, São Miguel de Itaipu, Zabelê, Cajazeiras, São João do Tigre, Condado, São Domingos e Marcação.

O assessor técnico da Secretaria de Saúde, Ivanildo Brasileiro, ressaltou a ligação entre as duas secretarias. “A SES tem uma inserção sobre esse problema da economia solidária, pois trata de alimentos seguros e outros produtos ligados à saúde pública. Para mim é um prazer imenso representar a SES nesse evento. Estamos aqui para mostrar que a Sesaes pode contar com a nossa cooperação técnica, pois ambas as secretarias estão sempre buscando uma melhor qualidade da saúde da população”, concluiu Ivanildo.