João Pessoa
Feed de Notícias

Saúde Mental: Seminário discute cuidado ao usuário de drogas em liberdade

quarta-feira, 30 de novembro de 2016 - 16:45 - Fotos:  Ricardo Puppe/Secom Pb

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), promoveu nesta quarta-feira (30), no auditório da Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), o Seminário ‘Na Prática: Cuidando do Usuário de Drogas em Liberdade’. O início da programação, desenvolvida pelo Núcleo de Saúde Mental da SES-PB, se deu com a mesa de abertura, intitulada ‘Efetivando Direitos’, com a presença de representantes da SES-PB, do Ministério Público Estadual e da Câmara Legislativa da Paraíba.

O evento foi destinado aos profissionais e usuários da Rede Caps (Centros de Atenção Psicossocial), profissionais de saúde e a sociedade em geral. “Este seminário é o desfecho do projeto estratégico do Ministério Público da Paraíba ‘Atenção ao Usuário de Drogas e Suas Famílias’, iniciado em parceria com a SES-PB em 2015. O projeto realizou audiências públicas em 27 municípios do Estado, capacitações para a formação permanente de profissionais da Rede de Atenção aos Usuários de Crack e outras drogas, e dos membros das redes e fiscalizações nos Caps, considerando as ações dos serviços existentes, a implantação e o incentivo a programas de tratamento dos usuários de drogas, envolvendo suas famílias e comunidade”, informou a coordenadora estadual de Saúde Mental, Shirlene Queiroz.

Na oportunidade, Shirlene comentou que a política pública só é possível com união intersetorial e com participação de toda a sociedade. “Em nome do cuidado ao usuário de álcool e drogas, muitas vezes a população produz violações, tortura, internações desnecessárias. Temos a necessidade de nos comprometer cada vez mais, garantindo direitos que venham em benefícios de todos. Seguimos com a luta antimanicomial, queremos desenvolver mais projetos e ampliar aqueles que já existem para toda a Paraíba”, disse Shirlene.

Também presente na mesa ‘Efetivando Direitos’, a promotora de saúde Geovana Tabosa, representando o Ministério Público Estadual, comentou sobre os dados alarmantes no país, especialmente quando se fala sobre o alcoolismo. “O álcool está no topo do ranking quando se trata de dependência química. É preocupante porque a bebida alcoólica está enraizada em nossa cultura e, por causa dela, muitas pessoas têm morrido e famílias são destruídas”.

Geovana salientou, também, o progresso no cuidado ao usuário de drogas no Estado. “Podemos citar, por exemplo, a criação do Espaço de Atenção à Crise, no Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira. Este ambiente, concebido com total apoio da SES-PB, em nome da secretária estadual, Roberta Abath, induz à política de desinternação, tratando os pacientes de maneira humanitária e com muito carinho”.

O evento também contou com a participação de representantes da Secretaria de Estado da Educação. “É importante fortalecer a parceria e a intersetorialidade. Com educação eficaz, os resultados conseguem ser ainda melhores”, disse a coordenadora do Programa Saúde na Escova, Emília Fernandes.

Representando a Assembleia Legistativa, o deputado estadual Buba Germano comentou sobre a implantação do projeto ‘Reinserir’ no município de Picuí. “Trabalhamos com crianças, jovens, adultos e idosos. Muitos deles saíram da marginalidade e atualmente estão em contato direto com cultura e arte. Esse exemplo exitoso, com participação de várias esferas da administração pública e, principalmente, de toda a sociedade, deve se transformar em uma política pública para todo o Estado e vamos lutar por isso”, comentou.

A programação do seminário seguiu com apresentação cultural do grupo Tambores da Alegria, do município de Picuí, que faz parte do projeto ‘Reinserir’. “Com a criação do projeto, hoje nossa cidade é rica em cultura através dos programas sociais desenvolvidos. Temos teatro, dança, música! Em cada batida de tambor, temos a possibilidade de resgatar um Brasil inclusivo e tolerante às diferenças. Cada pessoa que participa do Tambores da Alegria prova que existe chance de ser feliz longe das drogas”, disse o instrutor musical do grupo, José Vitório.

A organização do evento programou, ainda, a mesa ‘Construindo Caminhos’. “Na segunda mesa, apresentamos os projetos em andamento na Paraíba, como o ‘Atenção ao Usuário de Drogas e à Família’; o projeto ‘Reinserir’; e o programa de prevenção ‘#TamoJunto’”, disse Shirlene Queiroz.

As atividades seguem no período da tarde, a partir das 14h, com apresentação cultural de Roda de Samba, com os usuários do Caps AD Primavera (Cabedelo). Em seguida, inicia-se a mesa ‘Vivenciando Possibilidades’. “Vamos mostrar experiências exitosas de cuidado ao usuário de drogas em liberdade nos municípios de Campina Grande, Lagoa Seca, Princesa Isabel, Esperança, Picuí e João Pessoa”, pontuou a coordenadora de Saúde Mental.

Lançamento – A programação doSeminário ‘Na Prática: Cuidando do Usuário de Drogas em Liberdade’ será finalizada com o lançamento do livro ‘Surtos Poéticos, Poemas e Outros Textos’, do escritor Fábio Morais. Há seis anos, ele é usuário do Caps AD III Davi Capistano da Costa Filho, no bairro do Rangel, em João Pessoa.

“Sou formado em filosofia e teologia. Já escrevia poemas antes de me tornar dependentes químicos, mas o álcool me fez perder todos os papeis com meus escritos”, disse Fábio.

Atualmente, Fábio está reabilitado. O tratamento no Caps AD III o inspirou a voltar a escrever os poemas. O livro tem um apanhado de 83 poemas, além de textos que falam sobre a dependência química, o amor, motivação e saudade.

“Mesmo reabilitado, não quero perder o vínculo com o Caps – lá todos me dão força e a continuidade do tratamento me dá segurança para não cair no vício. O dependente fica com muitas marcas e a conversa com os profissionais e usuários me instiga a seguir uma vida melhor”, comentou.

Durante o lançamento do livro, Fábio Soares vai recitar o poema ‘Eterna Culpa’. “É um dos poemas mais especiais que escrevi. Por causa da dependência química, perdi de acompanhar a infância do meu filho. O poema é um verdadeiro pedido de perdão”, explicou.

Após o lançamento, o livro estará disponível para venda no Sebo Cultural, no Centro de João Pessoa por R$20,00.