João Pessoa
Feed de Notícias

Saúde inicia neste sábado campanha para atualizar cartão de vacina

sexta-feira, 17 de agosto de 2012 - 10:51 - Fotos:  Secom-PB

Atualizar o cartão de vacina das 295.190 crianças paraibanas menores de cinco anos é o principal objetivo da Campanha de Vacinação que será iniciada na manhã deste sábado (18) pelo Governo do Estado.

A abertura da campanha, que se estende até o próximo dia 24, será no Centro de Saúde do município do Conde, no Litoral Sul do Estado. A solenidade será às 9h, mas antes disso, a partir das 8h os pais já podem vacinar seus filhos.

Missânia Moreira, chefe do Núcleo de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde, explica que além de atualizar o cartão de vacina, a campanha quer aumentar a cobertura vacinal contra doenças como a poliomielite, hepatite B, tétano, difteria, coqueluche, entre outras.

Durante a campanha também será implantada a vacina inativada contra a poliomielite (VIP) no calendário vacinal para crianças que vão iniciar o esquema vacinal. “Pedimos aos pais ou responsáveis que não esqueçam de levar o cartão de vacina para que possamos atualizar todos os imunizantes”, destacou.

Também será aplicada a vacina pentavalente que reúne em uma só dose a proteção contra cinco doenças (difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus influenza tipo b e hepatite B) e está sendo produzida em parceria com os laboratórios Fiocruz/Bio-Manguinhos e Instituto Butantan. Atualmente, a imunização para estas doenças é oferecida em duas vacinas separadas.  A única diferença entre a Penta e Tetravalente é apenas e introdução da Hepatite B.

Missânia Moreira explicou que a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que vacina VIP seja implantada nos países com cobertura vacinal homogeneizada e que estejam com o vírus selvagem da poliomielite erradicado. “Isso acontece no Brasil e em particular na Paraíba”, revela a chefe do Núcleo de Imunização da SES. A vacina inativada contra a poliomielite é injetável e será aplicada aos dois e aos quatro meses de idade enquanto que a oral será administrada aos seis meses com um reforço aos 15 meses.

Com o novo esquema, além da pentavalente, a criança manterá os dois reforços com a vacina DTP (difteria, tétano, coqueluche). O primeiro a partir dos 12 meses e o segundo reforço, entre 4 e 6 anos. Além disso, os recém-nascidos continuam a receber a primeira dose da vacina hepatite B nas primeiras 12 horas de vida para prevenir a transmissão vertical.

Ela disse que a partir de agora e, cumprindo determinação do Ministério da Saúde, haverá anualmente apenas uma campanha de multivacinação, que acontecerá sempre no mês de junho, enquanto que em agosto ocorrerá a atualização do cartão de vacina.

A introdução da vacina inativada poliomielite (VIP), com vírus inativado, vem ocorrendo em países que já eliminaram a doença. A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), no entanto, recomenda que os países das Américas continuem utilizando a vacina oral, com vírus atenuado, até a erradicação mundial da poliomielite, o que garante uma proteção de grupo.