João Pessoa
Feed de Notícias

Saúde entrega 12 mil óculos de grau a alunos atendidos na rede estadual

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009 - 14:47 - Fotos: 
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) entregou, nesta sexta-feira (18), quase 12 mil óculos de alunos de 59 municípios paraibanos, atendidos pelo Projeto Olhar Brasil, financiado pelo Governo Federal e executado pelo Governo da Paraíba. O material foi recebido por gerentes de seis regionais de saúde, que repassarão aos municípios para serem distribuídos entre os estudantes. Desde junho, foram realizadas 65 mil consultas oftalmológicas em alunos de 189 municípios. A meta é atender 116.486 mil estudantes paraibanos – a partir de 15 anos de idade – matriculados no Brasil Alfabetizado.

O secretário da Saúde, José Maria de França, enfatizou o esforço do Governo Maranhão junto ao Ministério da Saúde, para colocar as ações do projeto em prática. “Esse momento tem um significado muito grande, não só pelo lado da saúde pública, mas porque fica claro o que é esse governo. Nós resgatamos esse projeto, que estava praticamente perdido, por irresponsabilidade da gestão anterior, que não cumpriu os prazos e deixou de atender milhares de pessoas carentes, que deixaram de frequentar a escola por causa de problemas de visão”, disse.

Durante evento na SES, foi feita uma entrega simbólica. A aposentada Rita Carneiro, do município de Pilões, recebeu das mãos do secretário, os óculos de grau do marido, o aposentado Antônio Cordeiro, 70 anos, beneficiado pelo projeto. “Meu marido não pôde vir, por isso, estou aqui. Ele nunca tinha feito uma consulta de vista e vivia se queixando da dificuldade de enxergar e de não conseguir ver as letras que a professora escrevia no quadro. Esse projeto é muito bom, porque ajuda muita gente. Eu conheço várias pessoas que foram beneficiadas e que ficaram muito satisfeitas”, disse.

60 mil óculos – A gerente-executiva de Atenção Básica em Saúde da SES e coordenadora do projeto, Niedja Rodrigues, explicou que esta foi a primeira etapa de entrega dos óculos do Olhar Brasil e que a previsão é que sejam entregues, no total, 60 mil. “O restante será entregue a partir de janeiro, quando também serão realizadas as consultas que ainda faltam”, disse.

O gerente da 8ª Regional de Saúde (Catolé do Rocha), Lauro Maia, falou em nome dos demais gerentes. “Estamos fazendo a política do governador José Maranhão, que é a política de reconstrução do Estado, e o Olhar Brasil é apenas uma das ações deste governo, que deveria ter sido feita na gestão anterior. Fizemos uma festa lá na nossa gerência quando soubemos que o projeto ia, finalmente, ser executado e, agora, vamos fazer uma festa maior com a chegada dos óculos”, disse.

Diagnóstico completo – O Olhar Brasil tem o objetivo de diagnosticar erros de refração ou dificuldade de enxergar nos estudantes, evitando a evasão escolar. No caso dos estudantes com indicação de óculos de grau, o modelo é escolhido no mesmo dia – são mais de 20 tipos – com a ajuda de técnicos ópticos. As consultas não precisam ser marcadas e cada professor se responsabiliza em levar os seus alunos para o atendimento no dia programado pela SES e Secretaria Municipal de Saúde.  Os exames são feitos em uma unidade móvel oftalmológica, nas unidades de saúde da família, consultórios ou escolas, dependendo da estrutura encontrada no município.

Todas as consultas são supervisionadas por profissionais da Gerência Executiva de Atenção Básica em Saúde e do Núcleo de Atenção à Saúde Visual da SES. Durante o atendimento, os alunos que ainda não têm o Cartão Nacional de Saúde – o ‘cartão SUS’, que dá acesso aos serviços oferecidos pelo SUS – podem aproveitar para fazer o documento, apresentando os documentos pessoais e um comprovante de residência.

O projeto – Criado em 2007, o projeto Olhar Brasil é uma ação conjunta dos ministérios da Saúde e da Educação e é executado pelas secretarias estaduais de Saúde e Educação, com o apoio das Prefeituras Municipais. Na Paraíba, o projeto foi lançado no dia 15 de junho deste ano, pelo governador José Maranhão e os secretários da Saúde, José Maria de França, e da Educação, Sales Gaudêncio. As ações, no Estado, deveriam ter começado em 2008, o que não aconteceu por falta de adesão da gestão anterior.  

Participaram também do evento, Antenor Galdino de Sousa, gerente da 2ª Regional de Saúde (Guarabira); Sheila Pereira, gerente da 6ª Regional de Saúde (Patos); Faêda Antas, gerente da 11ª Regional de Saúde (Princesa Isabel) e Gustavo Ferreira, representando o gerente da 7ª Regional de Saúde, Williamison Gouveia (Piancó).  

Municípios que receberam os primeiros óculos de grau

I GERÊNCIA REGIONAL DE SAÚDE
Bayeux
Cuité de Mamanguape
Cruz do Espírito Santo
Capim
Curral de Cima
Itapororoca
Jacaraú
João Pessoa (Valentina de Figueiredo)
Mari
Marcação
Mataraca
Mamanguape
Pedro Régis
Sapé

II GERÊNCIA REGIONAL DE SAÚDE
Alagoinha
Bananeiras
Belém
Borborema
Caiçara
Campo de Santana
Lagoa de Dentro
Mulungu
Pirpirituba
Pilões
Serraria
Solânea

VII GERÊNCIA REGIONAL DE SAÚDE
Aguiar
Boa Ventura
Coremas
Curral Velho
Diamante
Ibiara
Igaracy
Itaporanga
Nova Olinda
Piancó
Santana dos Garrotes
São José de Caiana

VIII GERÊNCIA REGIONAL DE SAÚDE
Catolé do Rocha
São Bento

XI GERÊNCIA REGIONAL DE SAÚDE
Água Branca
Imaculada
Juru
Manaíra
Princesa Isabel
Tavares

XII GERÊNCIA REGIONAL DE SAÚDE
Caldas Brandão
Gurinhém
Ingá
Itatuba
Juarez Távora
Juripiranga
Mogeiro
Pedras de Fogo
Pilar
Riachão do Bacamarte
Salgado de São Félix
São José dos Ramos
São Miguel de Taipú
 

Assessoria de Imprensa da SES/PB