João Pessoa
Feed de Notícias

Saúde, educação e estradas foram as prioridades eleitas pela 9ª Região

sábado, 30 de abril de 2011 - 19:52 - Fotos:  Francisco França/Secom-PB

População participou da plenária e apontou prioridades para orçamento de 2011

A 9ª Região Administrativa Estadual, polarizada pelo município de Cajazeiras (alto Sertão paraibano), reivindicou mais ações nas áreas de saúde, educação e pavimentação de estradas. Os moradores expuseram as demandas da região, durante a segunda audiência popular do Orçamento Democrático Estadual, que contou com a presença do governador Ricardo Coutinho, de secretários de Estado e parlamentares.

Das 563 participações da audiência, escritas e faladas, 386 foram reivindicações ligadas à saúde, 267 à Educação, 238 à estradas e rodagens, 131 à abastecimento de água e 114 para a geração de emprego e renda.

A prefeita do município de Bonito de Santa Fé, Alderi Cajú, pede para que seja incluído no Orçamento Democrático Estadual, um projeto de geração de emprego e renda. Ela também reivindica melhorias para o setor educacional, como a implantação de Campus da Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, devido a grande distância entre Bonito de Santa Fé e Cajazeiras, que é o município mais próximo da cidade. “Ou mandamos nossos alunos para as cidades que fazem divisa com o Ceará ou para Cajazeiras”, ressaltou a prefeita.

A construção da PB 394 que liga a BR 230 ao Distrito de Engenheiro Ávido (Boqueirão de Piranhas), foi a reivindicação do suplente de vereador do município de Cajazeiras, Valderi Dias. Segundo ele, a pavimentação da estrada é necesária, uma vez que é constante assaltos na rodovia devido as péssimas condições em que se encontra. “Recentemente um ônibus escolar foi assaltado e por pouco não aconteceu uma grande tragédia”. Ele também pede a inclusão no Orçamento Democrático Estadual de equipamentos para as áreas de segurança e saúde pública. Pede, ainda, a aquisição de um ônibus escolar.

A plenária aconteceu na escola Caic, em Cajazeiras, e contou com pessoas da região

O prefeito de São João do Rio do Peixe, Lavoisier Dantas e a agente de Saúde Comunitária, Maria de Fátima Gomes pedem a inclusão no Orçamento do Estado para 2011 a implantação de núcleo da Universidade Estadual da Paraíba – UEPB; a recuperação da PB 393 que a cidade a de Cajazeiras e a construção de uma unidade do Instituto Médico Legal, para atendimento a população do município e de cidades circunvizinhas.

Já o presidente da Associação Comunitária do Bairro José Alexandre Filho, Francisco de Assis Ferreira reivindica, através do OD, o calçamento de quatro ruas para a localidade.

O município de Monte Horebe fez duas reindicações, uma em nível de região e outra local: em nível de região segundo, o vereador José Alonso Dias (DEM), a implantação de um pólo da Universidade Estadual da Paraíba – UEPB; a construção de um hospital maternidade para atender a região polarizada por Monte Horebe; a instalação de uma fábrica de Britas para incentivo industrial e fiscal. Em nível local: capacitação e financiamento a agricultura familiar; construções de uma Policlínica e de um estádio de futebol; e apoio e incentivo a cultura da cidade.

O secretário de Cultura do município de Joca Claudino, Joaquim Miguel, pede a inclusão no OD, de 10km de asfalto de acesso da PB 434 que está sendo construída, até a sede da cidade, bem como, a construção do Colégio Estadual e saneamento básico.

Governador e secretários ouviram as reivindicações da população

Primeiras audiências – O Orçamento Democrático Estadual teve iníco na sexta-feira (29), com a audiência popular no município de Sousa, referente as demandas da população de oito municípios. No sábado, aconteceu a audiência em Cajazeiras, município que polariza 12 cidades.

Na próxima semana, as audiências acontecerão nas cidades de Catolé do Rocha (6), da 8ª região administrativa do Estado, e Pombal (7), da 13ª região.