João Pessoa
Feed de Notícias

Saúde e cirurgiões entram em acordo e Trauma de Campina normaliza plantões nesta sexta

quinta-feira, 12 de maio de 2011 - 12:22 - Fotos:  Arquivo/Secom

O Hospital Regional de Emergência e Trauma de Campina Grande normaliza os plantões e o atendimento a partir desta sexta-feira (13). Após reunião com o secretário de Saúde do Estado, Waldson de Souza, os cirurgiões da unidade chegaram a um acordo e decidiram voltar ao trabalho. Os profissionais vão criar uma cooperativa de serviços médicos para prestação de atendimento em cirurgia.

Segundo o diretor técnico do Hospital, Flawber Cruz, a normalização do atendimento ocorrerá com a composição das escalas de três cirurgiões por turno, o que vai permitir que os atendimentos de casos como apendicite, doenças de vesícula e hemorragias digestivas, entre outros procedimentos, possam ser efetuados novamente na unidade de saúde.

Números do Trauma – De acordo com o censo do setor de arquivo médico e estatístico, o Hospital Regional de Emergência e Trauma de Campina Grande atendeu em abril deste ano 8.910 pacientes no setor de emergência. Diariamente são feitas cerca de 350 consultas. Este ano já foram atendidas 37.467 pessoas.

O hospital é referência para 173 municípios paraibanos e atende ainda pessoas vindas de outros Estados, como Rio Grande do Norte e Pernambuco.

O quadro de profissionais tem 247 médicos, sendo 27 plantonistas de 24 horas em todas as especialidades de urgência (cirurgia, anestesista, ortopedista, pediatria, clínicos, intensivistas, e cirurgiões plástico, vascular, torácico, urológico, pediátrico, buco-maxilo-facial, neurocirurgião, oftalmologista , endoscopista e otorrinolaringologista.

O Hospital de Campina Grande é o único a possuir na região a Unidade de Queimados com atendimento ambulatorial e hospitalar especializado.