Fale Conosco

4 de fevereiro de 2015

SES divulga 1º boletim 2015 da dengue e chikungunya



No primeiro boletim de 2015 da dengue e chikungunia, referente ao período de 1º de janeiro a 2 de fevereiro, foram notificados 152 casos suspeitos de dengue na Paraíba, destes, três foram descartados e 42 confirmados por dengue. Os demais casos (107) seguem em investigação, aguardando o encerramento por parte das Secretarias Municipais de Saúde.

Até o momento, não houve registros de casos de dengue com sinais de alarme e nem de dengue grave. Quanto à chikungunya, foram notificados nove casos, destes, sete foram descartados e dois estão sob investigação (um em João Pessoa e um em Pombal).

Os dados demonstram ainda que houve uma redução de 58,82% no número de casos notificados de dengue em 2014 (7.455) em relação a  2013 (18.103), situação que acompanha os parâmetros do Ministério da Saúde. Também houve redução (38,46%), no número de mortes por dengue, comparando os anos de 2013 (13 óbitos) e 2014 (oito óbitos).

“Tal avanço pode estar relacionado à melhoria na assistência à saúde e efetividade nas ações de vigilância epidemiológica e ambiental, por meio de alinhamento técnico com gerências e municípios, qualificações, visitas técnicas entre outras ações”, avaliou a gerente executiva de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Renata Nóbrega.

Renata frisou ainda que, apesar da redução no número de mortes, deve ser mantida a rede assistencial, atenta para o diagnóstico precoce da doença e o manejo clínico correto para que se evite o óbito. Em 2015, a Paraíba registrou dois óbitos suspeitos de dengue, sendo um do município de Araçagi e o outro de Marcação. Ambos seguem em investigação, conforme protocolo do Ministério da Saúde.