Fale Conosco

10 de março de 2015

Saúde divulga locais de referência para vacina e soro antirrábicos humanos



A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Núcleo de Imunização, informou nesta terça-feira (10) os locais de referência da vacina VERO (Vacina contra raiva em cultivo celular) e soro antirrábicos humanos, no período de desabastecimento. O Ministério da Saúde enviou documento aos coordenadores estaduais de imunizações, informando sobre a dificuldade em atender demandas de distribuição da vacina e do soro e adiantando que o

contrato para aquisição de 2015 está em fase de tramitação.

Diante da situação, a Secretaria de Estado da Saúde  decidiu definir e divulgar locais de referência, com o objetivo de otimizar as doses que estão sendo distribuídas pelo Estado, e também orientar o uso racional através de avaliação clínica criteriosa. “É bom deixar claro que esta é uma situação temporária. Até que se resolva o problema do desabastecimento, contamos com a compreensão dos usuários e a SES se coloca à disposição para todos os esclarecimentos”, disse a gerente executiva de Vigilância em Saúde, da SES, Renata Nóbrega.

A SES definiu, de acordo com a necessidade, a identificação de uma referência por macrorregião de saúde para a distribuição e aplicação da vacina VERO:

1ª Macro (1ª, 2ª e 12ª Gerência Regional de Saúde – GRS), João Pessoa como referência: Centro Municipal de Vacinação (antigo Lactário da Torre), na rua Prefeito José Bezerra, s/nº, Torre. Telefone: 83 – 3211-6774;

2ª Macro (3ª, 4ª e 5ª GRS), Campina Grande como referência: Centro de Saúde Francisco Pinto, na rua Venâncio Neiva, s/nº, centro. Telefone: 83 – 3322-2291;

3ª Macro (6ª, 7ª e 11ª GRS), Patos como referência: sede da 6ª GRS, na rua Horácio Nóbrega, s/nº, bairro belo Horizonte. Telefones: 83 – 3423-2389 e 8811-6046;

4ª Macro (8ª, 9ª e 10ª GRS), Cajazeiras como referência: Hospital Regional de Cajazeiras: rua Tabelião Antonio Holanda, snº, centro. Telefone: 83 – 3531-3563.

A situação do soro já vem sendo trabalhada com os hospitais de referência para o atendimento desta demanda. Seguindo a orientação do Ministério da Saúde, a SES definiu, de acordo com a necessidade, a identificação de hospitais de referência, por macrorregião para a aplicação do soro antirrábico.

1ª Macro – Hospital General Edson Ramalho, em João Pessoa

2ª Macro – Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande

3ª Macro – Hospital Regional Deputado Janduhy Carneiro, em Patos

4ª Macro – Hospital Regional de Cajazeiras

Como garantia de manter o fluxo proposto pelo Núcleo de Imunizações e área técnica do Programa de Raiva, a SES disponibiliza escala de plantão, das 6h às 0h, no período de 6 a 31 de março, com referências para a discussão dos casos e liberação do imunobiológico.

Maiores informações com Assis Azevedo (Programa de Raiva) – 3218-7491 e 8899-6303; Isiane Queiroga (8721-7809) e Clarice França (Imunização) – 3218-7388 e 9831-1275 e Izabel Sarmento (Vigilância Epidemiológica) – 3218-7381/7331 e 8858-9222.