Fale Conosco

3 de abril de 2018

Saúde capacita profissionais que atuam em salas de vacina de maternidades com a BCG



A Secretaria de Estado da Saúde (Ses), por meio do Núcleo de Imunização, está promovendo capacitação sobre a vacina BCG (previne as formas graves de tuberculose) para enfermeiros de salas de vacina das maternidades em todo estado. O curso de 40 horas está acontecendo no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea), em Campina Grande, até a próxima sexta-feira (6) para profissionais de Fagundes, Soledade, Gado Bravo, Boa Vista e Picuí. No período de 16 a 20 deste mês, acontecerá uma segunda etapa.

As capacitações começaram em setembro do ano passado e a próxima turma será em Patos, a partir do dia 23 de abril. O objetivo é melhorar a técnica de aplicação. “A BCG é a única vacina intradérmica do Calendário Nacional de Vacinação. Daí a necessidade de capacitar a técnica de administração”, disse a enfermeira do Núcleo de Imunização da SES, Márcia Fernandes.

Ela lembra que a BCG é aquela vacina aplicada no braço direito do bebê, preferencialmente, nas primeiras 12 horas de nascimento, ainda na maternidade, que deixa uma cicatriz. “A presença da cicatriz vacinal é considerada como dose para efeito de registro. É tanto que, se não ficar a marca, mesmo sendo uma vacina de dose única, ela tem que ser aplicada novamente, só mais uma vez, após seis meses”, observou.