Fale Conosco

7 de maio de 2012

Saúde alerta grupos prioritários sobre vacinação contra a Influenza



Quase 74 mil pessoas foram vacinadas, até o meio-dia desta segunda-feira (07), contra os vírus  da Influenza A e B. A campanha de vacinação é voltada aos grupos prioritários (crianças de seis meses a menores de dois anos; mulheres gestantes; profissionais que trabalham na área da saúde; indígenas; pessoas com 60 anos ou mais e as privadas de liberdade).

“É importante que as pessoas se conscientizem sobre a necessidade dessa vacina que protege contra a gripe, principalmente nos grupos prioritários, com maior tendência às complicações, a exemplo de pneumonia e bronquites, podendo evoluir até para o óbito”, alerta a gerente executiva da Gerência de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde, Júlia Vaz.

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza A e B na Paraíba foi aberta, no último sábado (05), na Baía da Traição. Esta foi a primeira vez que o Governo do Estado lançou uma campanha de vacinação em uma aldeia indígena. A abertura aconteceu com os índios potiguaras da Aldeia Galego.

Segundo Júlia Vaz, os indígenas foram receptivos. Um deles citou um fato que chama a atenção. “Um cacique destacou que em 512 anos eles nunca haviam sido lembrados durante a abertura de uma campanha de vacinação”, ressalta Júlia.

A Campanha de Vacinação contra a Influenza A e B acontece até o dia 25 de maio, em todos os municípios paraibanos. As doses foram disponibilizadas nos mais de mil postos de saúde administrados pelas Secretarias Municipais de Saúde da Família. A população carcerária começa a receber as vacinas após o dia 25 de maio. Quanto às pessoas que não estão incluídas nos grupos prioritários, só serão vacinadas após o encerramento da campanha.

Números da Campanha de 2011

Em 2011, a Secretaria de Estado da Saúde conseguiu superar a meta do Ministério da Saúde e vacinou 87,21%  do público alvo.