João Pessoa
Feed de Notícias

Saúde abre segunda turma do Curso de Qualificação de Gestores do SUS

terça-feira, 13 de outubro de 2015 - 18:38 - Fotos:  Ricardo Puppe

A Secretaria de Estado da Saúde (Ses) promoveu a solenidade de conclusão da primeira turma e abertura da segunda do Curso de Qualificação de Gestores do SUS, na manhã desta terça-feira (13), no Espaço Cultural, em João Pessoa. O curso é uma promoção da SES, por meio do Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor), em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz/PE) e tem o objetivo de fortalecer a regionalização do Sistema Único de Saúde (SUS). A turma concluinte é formada por 278 gestores e a segunda por 400, de todas as Regiões de Saúde do Estado.

À tarde, houve exposição dos banners com os trabalhos desenvolvidos pela primeira turma e debate. Nesta quarta (14) pela manhã, terá a certificação do gestores da primeira turma e entrega de material e declaração de comparecimento da segunda turma.

A secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, parabenizou as duas turmas e pediu a todos os gestores para que se mobilizem em defesa do SUS e sugeriu mais humanização no atendimento. “Convido a todos vocês para que olhem para os usuários do SUS como sendo uma pessoa de sua família”, falou.

 “O curso qualifica os gestores para que desenvolvam atividades que possam aperfeiçoar o trabalho e as experiências do SUS, nos seus municípios, principalmente na atenção básica, que é a porta de entrada para os serviços”, disse o diretor do Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, da Fiocuruz/PE, Sinval Brandão.

O Curso de Qualificação de Gestores do SUS tem duração de nove meses, acontece no modo à distância (EAD), com encontros presenciais, uma vez por mês. Entre os gestores estão secretários municipais de Saúde; diretores de hospitais; coordenadores de Atenção Básica e de Vigilâncias, etc.

O secretário de Saúde, de Barra de Santa Rosa, Cleiton Charles da Silva, é da turma concluinte. Segundo ele, o mais importante na qualificação é tomar como base a realidade de cada localidade. “A partir de nossas experiências, se molda a dificuldade dos gestores e, a partir daí, fazemos o remapeamento das regiões de saúde, com a implantação das redes prioritárias e discussão dos planos para a saúde de cada região”, disse.

A coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), de São João do Rio do Peixe, Meire Franco, faz parte da turma iniciante e acredita que será que será proveitoso trabalhar em parceria com os outros gestores da mesma região. “Recentemente, o Caps de São João do Rio do Peixe, que é referência para os outros municípios vizinhos, tinha mudado de prédio e na cidade vizinha o comentário era que havia fechado. Portanto, acho que participar deste curso vai minimizar problemas como este e tantos outros que temos nas gestões”, observou.

A diretora da Maternidade Frei Damião, na capital, Ana Márcia Fernandes, que também faz parte da nova turma, disse que o curso tem a perspectiva de qualificar o gestor para o conhecimento da regionalização da saúde. “Devemos conhecer as unidades, com todas as suas ações e quais as referências, para oferecer ao usuário um serviço de qualidade, cada vez mais”, disse.