João Pessoa
Feed de Notícias

Sarau poético reúne escritores e ativistas culturais no CSU de Sapé

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 - 08:49 - Fotos:  Secom-PB

Apresentações artísticas, exibição de documentário, sarau poético. Este foi o tom da homenagem ao poeta Augusto dos Anjos, na semana passada, no Centro Social Urbano (CSU) de Sapé, que tem o nome do homenageado. Na ocasião, também foi inaugurado o primeiro corredor literário dos CSUs, batizado de Camilo Lélis Lins, ativista cultural da região e coordenador do CSU de Sapé.

Cerca de 200 pessoas, entre convidados e comunidade usuária do CSU Augusto dos Anjos, prestigiaram o evento. Escritores como Cibele Cabral, além de autoridades como o futuro secretário da educação municipal, professor Kildare Freitas; o diretor do Memorial Augusto dos Anjos, Aderaldo Elias participaram da solenidade.

Doação de livros permanente – O secretário executivo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano, Lau Siqueira, revelou que os 16 Centros Sociais Urbanos deverão contar, a partir do próximo ano, com o Projeto Corredor da Leitura, como incentivo à leitura. Para isso, a população pode fazer a doação na coordenação estadual dos CSUs, que fica na Sedh, no Edifício Júlio A. Pinto, Epitácio Pessoa, número 2501.

“O Corredor da Leitura faz parte de um conjunto de ações de incentivo à leitura, que parte de um princípio que o Brasil é o 10º produtor de livros do mundo e o MEC é o 3º maior comprador de livros do mundo. Então não existe falta de livros no país. O projeto não tem custos, porque trabalhamos com a doação de livros e com o acesso livre à leitura”, destacou.

Ele explicou que qualquer pessoa pode chegar no Corredor da Leitura pegar um livro e levar para casa. “Ninguém vai anotar o nome de quem pegou o livro ou cobrar a devolução. A ideia é realmente fazer com que as pessoas tenham acesso ao livro”, resumiu.

Incentivo à cultura – A coordenadora estadual dos CSUs, Marcella Arbia, acrescentou que recentemente visitou os 16 CSUs que existem no Estado e percebeu que cada um tem uma vocação diferente. Em Areia, o artesanato; em Esperança a questão jurídica; em Sapé, a cultura.

“Todos os Centros vão trabalhar com a vocação deles com cidadania e direitos humanos. Aqui em Sapé, desenvolveremos a cidadania por meio da cultura. E para 2013 iremos intensificar o movimento cultural, seja na cidade ou em intercâmbio com outras cidades, encontro de música, de poesia, e descobrir quais os talentos locais”, explicou.

CSUs – Os Centros Sociais Urbanos são espaços que oferecem durante todo o ano atividades diversificadas para a população com cursos profissionalizantes, escolinhas de esporte, grupos da terceira idade, distribuição de pão e leite, entre outras.

Existem 16 Centros Sociais Urbanos na Paraíba distribuídos nos municípios de: Patos, Sousa, Santa Rita, Sapé, Guarabira, Itabaiana, Areia, Esperança, Cajazeiras, Catolé do Rocha, João Pessoa (4) e Campina Grande (2).