João Pessoa
Feed de Notícias

Salão Internacional do Livro sedia Oficina ‘Despertar para o Braille’

quinta-feira, 25 de novembro de 2010 - 11:10 - Fotos: 
De olhos vendados e passos lentos, um grupo de pessoas chamou atenção ao visitar o Salão Internacional do Livro, na tarde dessa quarta-feira (24). Eles são participantes da oficina ‘Despertar para o Braille’, oferecida pelo evento, que tem o objetivo de combater a discriminação contra o cego.
                
No grupo, formado por 15 pessoas, apenas uma não enxerga de fato. Os demais são videntes que tiveram a experiência de ficar por alguns minutos sem a visão.
                 
“Isso vai nos ajudar a olhar para o outro como um ser humano e não apenas como uma pessoa cega e sem qualidades. Essa oficina, além de nos ensinar a ler em Braille, nos ajuda a despertar para as dificuldades que o cego passa diariamente e que, muitas vezes, nós tratamos com indiferença”, afirmou a estudante Iêlda Baracuhy, uma das participantes da oficina.
               
A atividade está sendo ministrada pelo bibliotecário Gustavo Nogueira. Ele lembrou que a visão é considerada um dos principais sentidos do corpo humano e que, em hipótese alguma, consegue ser substituída.
                    
Apesar disso, ele garantiu que há condições do cego se tornar uma pessoa independente e autônoma. “Para isso, ele precisa obter o conhecimento necessário, usar recursos necessários, como bengalas, e ter ajuda e compreensão das demais pessoas”, declarou.
                     
A oficina faz parte do Seminário de Acessibilidade que está sendo oferecida gratuitamente no Salão Internacional do Livro. O evento está ocorrendo no Espaço Cultural e reúne obras de artistas consagrados nacionalmente. Livros das principais editoras do Brasil e de mais oito países estão em exposição no local. O Salão começou no último dia 20 e será encerrado no próximo domingo (28). A entrada é franca.