João Pessoa
Feed de Notícias

Salão de Artesanato segue na segunda semana e já acumula R$ 170 mil em vendas

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017 - 15:51 - Fotos:  Divulgação

Em cinco dias, cerca de 20 mil pessoas já passaram pelo 25º Salão de Artesanato da Paraíba. Fazendo jus à temática ‘Raiz Cultural de um Povo’, os paraibanos são os principais visitantes do evento, que segue até o dia 29 deste mês, no Espaço Cultural, em João Pessoa, trazendo diversas tipologias de artesanato, gastronomia e atração cultural.

A gestora do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), Lu Maia, disse que até o domingo (22), o 25º Salão tinha acumulado R$ 170 mil em vendas, com uma média diária de R$ 38 mil, e tendo as tipologias madeira, habilidades manuais e fios com os maiores percentuais de vendagem. “Além das tradicionais tipologias, a gastronomia possui bastante saída”, afirmou a gestora.

A média de público é de quatro mil pessoas por dia. Porém, há dias em que o fluxo é maior, como no último domingo (22). Os visitantes são, em sua maioria, paraibanos. “O que vejo de forma positiva. Vemos que a população local está prestigiando sua arte”, comentou Lu Maia. Os turistas representam cerca de 20% das visitas.

Turismo – Segundo a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, a Paraíba está mantendo um bom fluxo de turistas brasileiros e estrangeiros no litoral do estado na chamada altíssima estação.

“Hotéis estão com ocupação boa e muitos turistas este ano optaram por ficar em apartamentos alugados, o que é uma tendência mundial. Em ano de crise as pessoas viajam, mas buscam economizar, e com esse tipo de hospedagem, se gasta menos. Mesmo sendo menor, o fluxo de turistas pelo Salão é grande”, afirmou Ruth.

Ações e aprendizado – Segundo os organizadores, o Salão de Artesanato da Paraíba é muito mais que um evento de vendas, é um momento também de educação, e oportunidade para o crescimento dos artesãos. Por isso, são oferecidos a todos os artesãos capacitações e palestras. Eis a programação a partir desta segunda-feira (23):

•        Workshop de decoração: segunda-feira (23), 14h, Auditório 1 (Espaço Cultural)

•        Workshop de acessórios: terça-feira (24), 9h, Auditório 1

•        Clínica individual de Moda: terça-feira (24), 14h, Praça de Alimentação

•        Gestão de qualidade: terça-feira (24), 14h, Auditório 1

•        Empreender: quarta-feira (25), 14h, Auditório 1

•        Empreender – capacitação dos contemplados: quinta-feira (26) e sexta-feira (27), 14h, Auditório 1

•        Reunião com a gestora do PAP: domingo (29), 14h, Auditório 1

 

Este ano o Salão envolve a ação de diversos órgãos e secretarias do Governo do Estado, além do órgão a qual está ligada, Secretaria de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico. A edição deste ano teve patrocínio da Companhia de Industrialização da Paraíba (Cinep); participação da Secretaria de Desenvolvimento Humano, com ações da economia solidária; Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac), com ações de responsabilidade social; ações do Programa de Apoio ao Empreendedorismo na Paraíba (Programa Empreender PB); presença da Secretaria de Estado da Saúde e equipe de emergência; e da Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB) com um estande tira-dúvidas para a população.

 

Programação cultural – Enquanto a visitação enche os estandes, a parte mais animada se aglomera na Praça de Alimentação do 25º Salão de Artesanato da Paraíba, ao som de atrações locais, peças infantis e a gastronomia. Nesta segunda (23), a cantora Débora Vieira deve animar o espaço cantando samba. As atrações seguem até o próximo domingo (29). Confira:

  • Lampião e Maria Bonita (terça-feira – 24)
  • João dos Ramos (quarta-feira – 25)
  • Lampião e Maria Bonita (quinta-feira – 26)
  • Damião Moreno (sexta-feira – 26)
  • Grupo Raízes (sábado – 28)
  • Alexandre Pé de Serra (domingo – 29)

 

O Salão – A 25ª edição do Salão de Artesanato da Paraíba tem como tema ‘Raiz cultural de um povo’. O evento é uma realização do Governo do Estado, por meio do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), e conta com cerca de 400 artesãos, representando um total de mais de três mil profissionais envolvidos.

 

São apresentadas peças produzidas com materiais como algodão colorido, madeira, metal, osso, fios, pedras e produtos como cordel, xilogravura e comidas regionais. Até o domingo (29), o Salão funciona aberto ao público com estrada gratuita, das 16h às 22h, na Fundação Espaço Cultural (Rua Abdias Gomes de Almeida,800, João Pessoa).