João Pessoa
Feed de Notícias

Salão de Artesanato Paraibano será aberto nesta sexta-feira

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011 - 11:35 - Fotos: 

O 13º Salão de Artesanato Paraibano será aberto nesta sexta-feira (14) na Praça do Povo do Espaço Cultural José Lins do Rego, na Capital, com a exposição de trabalhos de quase 5 mil artesãos cadastrados no Programa de Artesanato Paraibano, da Secretaria de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico. A expectativa é que cerca de 100 mil pessoas visitem o Salão durante os 24 dias de sua realização.
 
O evento está sendo organizado pelo Sebrae Paraíba em parceria com o Governo do Estado, através da Fundação Espaço Cultural (Funesc), que cedeu o espaço para sua realização, bem como o alojamento dos artesãos que vêm do interior do Estado e ficarão instalados durante o evento no Estádio Ronaldão. O Governo também é parceiro com a concessão da infraestrutura do Programa do Artesanato, que disponibilizou para o evento todo o acervo de decoração do Salão e o caminhão baú para o transporte de mercadorias dos artesãos.

Na coletiva de imprensa realizada quinta-feira (13), no Espaço Cultural, o superintendente do Sebrae, Júlio Rafael Jardelino da Costa, informou que o tema desta 13º edição é “Mãos de Mestre”, uma homenagem aos que trabalham com a tipologia madeira, através do trabalho de sete mestres artesãos: Francisco Sales, Izequiel França, Bento de Sumé, Guariguazi, Nilson, Flávio Romero e Kacá Melo, que estarão com peças em espaço nobre na entrada do Salão. “As parcerias são fundamentais para a realização do Salão e o Governo é o grande parceiro disponibilizando este Espaço Cultural para sua realização”, observou Júlio Rafael.

A presidente da Funesc, Lu Maia, destacou a importância da realização do Salão, que está valorizando a cultura e tradições artesanais do Estado. “A população vai encontrar aqui produtos maravilhosos e com qualidade. Isto aqui é, sem dúvida, o artesanato em forma de arte”, disse.

Expectativa de vendas – A expectativa financeira para o salão está sendo de R$1 milhão em vendas diretas e encomendas que são feitas para os próximos meses. Na opinião de um dos homenageados, o artesão Izequiel França, o evento se transformou em um espaço especial. “O Salão não só proporciona a comercialização dos nossos produtos, como também uma troca de experiências e informações entre os artesãos, se transformando num momento de confraternização da classe”.

A coletiva contou ainda com a participação do diretor do Empreender-JP, da Prefeitura de João Pessoa, Rui Ribeiro. “Este evento dá a oportunidade desde o pequeno ao grande artesão de mostrar toda sua capacidade produtiva”, observou ele.

Tipologias – O Salão está ocupando uma área de 2,5 mil metros quadrados, com 12 blocos divididos nas tipologias Madeira, Barro, Fibras e Fios, Brinquedos Populares, Couro, Algodão Colorido, Tecelagem, Arte Indígena, Cordel e Xilogravura, Metais e Pedras, Habilidade Manual e Gastronomia.

A organização do Salão está disponibilizando a partir de sábado, (15), até o último dia, vans para transportar os turistas dos hotéis da orla até o Espaço Cultural. Além do Governo do Estado, o Salão conta com o apoio do Banco do Nordeste, Prefeitura Municipal de João Pessoa e Eletrobras.