João Pessoa
Feed de Notícias

Salão de Artesanato da Paraíba premia artesãos preferidos do público

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016 - 16:18 - Fotos: 

Com o tema “O algodão colorido é nosso”, a 23ª edição do Salão de Artesanato da Paraíba acontece de 15 a 31 de janeiro no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, das 14h às 21h. Entre as novidades, estão transporte gratuito a turistas e troféus para artesãos. A solenidade de abertura acontece nesta sexta-feira (15), às 19h.

O evento terá a participação de cerca de 400 artesãos e, ao todo, dois mil envolvidos na produção. O número de envolvidos considera a produção de associações, cooperativas, grupos e indivíduos de mais de 70 cidades paraibanas. Segundo a gestora do Programa de Artesanato Paraibano (PAP), Lu Maia, a edição de 2016 contará com mais se 60 novos artesãos.

O espaço do Salão tem cerca de 1200m de estandes, preenchidos por artesãos que trabalham com algodão colorido – tipologia homenageada – argila, renda, metal, pedras, etc. Na última edição, foram vendidos aproximadamente 45 mil produtos, somando mais de R$ 1 milhão em arrecadação.

Novidades – Uma das novidades da edição diz respeito ao Trófeu PAP, por meio do qual serão selecionadas entre 30 e 40 obras dos artesãos participantes que poderão ser escolhidas pelo público por meio de computador com tela sensível ao toquelocalizada no Salão. Troféus serão distribuídos aos três primeiros colocados. “É uma forma de dar incentivo aos nossos artesãos”, declarou Lu Maia.

Sobre a novidade do transporte, a gestora relata que os preparativos estão sendo definidos, mas o Programa cederá uma van e um micro-ônibus que percorrerão um itinerário dos principais hotéis e pontos turísticos da orla de João Pessoa, com intervalo de cerca de uma hora entre eles.

Para este ano, os organizadores esperam um público de aproximadamente 50 mil pessoas, que serão recebidas com uma decoração específica com a temática algodão colorido e ilha de descanso ampliada, atendendo uma reivindicação dos visitantes, em especial, dos idosos.

Na solenidade de abertura, será exibido um vídeo sobre a tipologia homenageada. Serão exibidas imagens do plantio do algodão colorido e casos de sucesso, como a Natural Cotton Color, empresa paraibana que foi primeira empresa brasileira a participar no Maison D’Exceptions, em Paris, salão que mostra a inovação e as riquezas dos trabalhos manuais. Sobre o tema homenageado, Lu Maia afirma que a intenção é incentivar cada vez mais o cultivo do algodão colorido, item de grande valor econômico e cultural do estado.

A estrutura da 23ª edição do Salão de Artesanato da Paraíba contará com ouvidoria, curadoria, sala de emergência, sala de imprensa, fraldário, refeitório para artesãos e equipe de trabalho, praça de alimentação e palco para as apresentações culturais.