Fale Conosco

4 de junho de 2013

18º Salão de Artesanato movimenta Campina Grande



artesao roberval caroca de azul foto walter rafael 111 270x202 - 18º Salão de Artesanato movimenta Campina GrandeO 18º Salão do Artesanato da Paraíba começa na próxima sexta-feira (7), a partir das 17h, em Campina Grande. O evento fica aberto até 30 de junho e deve reunir um grande público que visita a cidade no mês do Maior São João do Mundo. Com o tema “A Arte no Couro”, a proposta é homenagear os seleiros de todo o Estado, criar oportunidades de negócios e promover a história, tradição e a cultura paraibana.

No local, cerca de 700 expositores, representantes de 4.250 associações de 128 municípios paraibanos, vão mostrar sua arte aos visitantes de vários estados do Brasil e do mundo. O evento é promovido pelo Governo do Estado, por meio do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP) ligado à Secretaria do Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETDE), coordenado pela primeira-dama do Estado, Pâmela Bório.

Para o artesão Roberval do Nascimento, mais conhecido como “Caroca”, que aprendeu o ofício com o pai, em Campina Grande, o Salão será uma oportunidade de expor seus produtos que já possuem visibilidade nacional. “Tenho clientes durante todo o ano, principalmente em Pernambuco e exportei bastante para a Alemanha. Estou levando cerca de 500 peças e continuo produzindo bastante para suprir a demanda. Ficarei durante o salão e pretendo atender cada cliente pessoalmente”, destacou o artesão. Dentre suas principais peças produzidas estão bolsas, almofadas, carteiras de mão, cinto, pasta e até cantil customizado para a Copa do Mundo de 2014.

artesanato calberto falci pintura de quadro com tela de couro foto walter rafael 18 270x202 - 18º Salão de Artesanato movimenta Campina GrandeO artesão Carlos Alberto Falci, 73 anos, vai participar pela primeira vez do Salão do Artesanato da Paraíba com suas telas em couro de boi e de bode. Após trabalhar em emissoras de televisão, agências de propaganda e editoras, ‘Calberto’, como é conhecido, se tornou referência no couro para a Paraíba. Já participou de mostras nas cidades de Nova York, Bruxelas, Irã, Miami, Berlim, Paris, Milão, Rio de Janeiro e São Paulo. As telas remetem ao folclore nordestino, evidenciam os pontos turísticos da Paraíba, as festas tradicionais como o São João e a vegetação típica da Caatinga. “Estou feliz por ter minhas peças expostas no Salão do Artesanato para que todos possam conhecer meu trabalho”, acrescentou o artesão.

Os artesãos vão apresentar diversas tipologias em trabalhos produzidos em peças de fios, madeira, algodão colorido, fibra, cerâmica, couro, tecelagem, brinquedo, pedra, metal, osso, artesanato indígena, cordel, xilogravura e habilidades manuais. Toda a ambientação do Salão foi planejada dentro do tema escolhido e as peças produzidas estarão expostas no projeto arquitetônico de Gustavo Vaz e Carolina Gomes.

Além do artesanato, o visitante vai poder conferir uma diversidade em produtos no universo do couro como gibão de vaqueiro completo, selas, sapatos, sandálias, bolsas, carteiras, cintos, chapéus e miudezas como chaveiros. Os turistas ainda poderão degustar comidas típicas no espaço gastronômico e assistir diversas manifestações da cultura popular.

Serviço – O horário de funcionamento do Salão de Artesanato da Paraíba será das 17h às 22h (no dia 7) e das 15h às 22h (de 8 a 28 de junho), exceto nos dias 22, 23, 29 e 30 quando o horário será das 11h às 22h. O salão fica localizado na Av. Prefeito Severino Bezerra Cabral, bairro do Catolé, na antiga Candesa. A entrada é gratuita. O evento tem como parceiros o Sebrae-PB, Prefeitura Municipal de Campina Grande e a Água Mineral Platina.