João Pessoa
Feed de Notícias

Rótulos de ovos devem alertar para riscos à saúde, diz norma da Anvisa

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010 - 17:21 - Fotos: 

A Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) informa que a partir do próximo dia 18 deste mês entra em vigor a norma RDC nº. 35/09, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que estabelece a obrigatoriedade dos rótulos de ovos apresentarem instruções de conservação e consumo do produto. Na Paraíba, as inspeções em supermercados e mercearias serão feitas pelas vigilâncias sanitárias municipais que poderão punir os estabelecimentos descumpridores da Resolução.

Segundo informou o diretor geral da Agevisa, José Alves Cândido, os estabelecimentos produtores de todo o País tiveram um prazo de 180 dias para se adequar às novas exigências e, agora, as vigilâncias sanitárias entram em ação com o objetivo de proteger a saúde do consumidor.

Ações conjuntas – “A fiscalização ficará por conta dos municípios e a Agevisa se coloca à disposição no sentido de desenvolver ações conjuntas e fazer cumprir a norma sanitária que previne riscos a saúde da população”, disse José Alves.

O gerente técnico de Alimentos do órgão, Flávio Pinto, observou que uma das principais dificuldades enfrentadas pelos inspetores sanitários é a identificação da origem dos produtos. Segundo ele, no Estado ainda são comercializados ovos sem rótulos nas embalagens. “Os ovos que estiverem sem rotulagem e sem informações de advertência poderão ser retirados das prateleiras”, advertiu.

Dicas – Ele disse ainda que os rótulos das embalagens dos ovos à venda devem conter frases legíveis, como “o consumo deste alimento cru ou mal cozido pode causar danos à saúde” e “manter os ovos preferencialmente refrigerados”. A idéia é auxiliar o consumidor no controle de risco associado à presença da bactéria salmonella nesses alimentos.

A salmonella é uma bactéria encontrada principalmente em alimentos de origem animal como ovos, leite e carnes, que pode causar infecções alimentares. A maioria dos surtos é causada pelo consumo de ovos ou maionese caseira contaminada. Os sintomas mais comuns da doença (salmonelose) incluem dores abdominais, diarréia, calafrios, náusea e vômito.

Para evitar a salmonelose, a dica é seguir as boas práticas de manipulação de alimentos, como lavar bem os utensílios da cozinha e as mãos após manipular carnes e ovos cruz; cozinhar bem os gêneros alimentícios; evitar consumir ovos cruz no preparo de gemadas e maioneses; nunca utilizar os mesmos utensílios para produtos cruz e cozidos; guardar a alimentação preparada na geladeira e proteger o alimento do contato de animais.

Da Assessoria de Imprensa da Agevisa