João Pessoa
Feed de Notícias

Rômulo participa de posse de Itapuan Bôtto na Academia Paraibana de Letras

sábado, 15 de março de 2014 - 10:52 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

O governador interino, Rômulo Gouveia, participou na noite dessa sexta-feira (14) da sessão solene de posse do escritor e educador Itapuan Bôtto Targino na Academia Paraibana de Letras (APL).

“A Academia ganha um talento imortal. O professor Itapuan Bôtto é um educador, tem vários trabalhos publicados e chega por mérito, por competência e com certeza vai engrandecer esta casa de intelectuais e contribuirá muito para a cultura de nosso Estado”, disse Rômulo Gouveia.

Itapuan Bôtto afirmou que realiza um sonho ao se tornar imortal da Academia Paraibana de Letras. “Estamos aqui comemorando esse fato com os amigos, familiares, com a cidade que tanto amo. Os amigos têm parte nesse fato histórico na minha vida por essa entrada na Academia Paraibana de Letras”. O novo integrante da APL é autor de 16 livros, dentre eles, “Anísio Teixeira – Educador do Século XX” e “Patrimônio Histórico da Paraíba”.

O professor Itapuan foi eleito no dia 22 de novembro de 2013 e assumiu a cadeira de número 36, que tem como patrono Manoel Tavares Cavalcanti. A cadeira 36 teve como primeiro ocupante Maurício Furtado (pai do economista Celso Furtado) e o segundo ocupante foi o Monsenhor Eurivaldo Caldas Tavares. Na ocasião, foi distribuído com os convidados o livro “Palavras, apenas palavras…”, obra organizada por Itapuan Bôtto Targino. Na posse, Itapuan foi saudado pelo amigo e acadêmico Estênio César Fernandes.

Para o presidente da Academia Paraibana de Letras, Damião Ramos Cavalcanti, com a presença de Itapuan a APL ganha mais livros. “É um intelectual, homem dedicado à leitura, ao estudo da literatura e, sobretudo, desempenhou neste Estado o papel de professor e educador como ninguém”.

A presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, desembargadora Maria de Fátima Bezerra Cavalcanti, declarou ser uma honra participar de mais um momento histórico da Academia Paraibana de Letras ao prestigiar o amigo e homem de letras que é Itapuan Bôtto Targino. O secretário de Estado da Cultura, Chico César, foi representado pelo acadêmico José Octávio de Arruda Mello.

A Academia Paraibana de Letras vai completar 73 anos de atividades e se constitui de 40 acadêmicos, mesmo número de imortais da Academia Brasileira de Letras. Está situada em João Pessoa, à Rua Duque de Caxias, Centro.