Fale Conosco

15 de junho de 2013

Rômulo discute parcerias com UEPB e Tribunal de Contas



O vice-governador Rômulo Gouveia discutiu parcerias durante reunião, nessa sexta-feira (14), com o reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Júnior, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Fábio Nogueira, e o conselheiro Arnóbio Viana, coordenador da Escola de Contas do órgão. O encontro aconteceu na reitoria da UEPB , no Campus de Bodocongó, em Campina Grande.

Na reunião, Rômulo conversou com o reitor sobre o Complexo Agroindustrial do Campus de Lagoa Seca, que está pronto para atuar na produção de cachaça e na parte de produção de alimentos, processamento de alimentos e frutas. A estrutura, nascida a partir do curso de Agroecologia, visa incentivar a realização de cursos e redefinir a agricultura familiar. No local foram construídas 11 salas com recursos do programa “Brasil Profissionalizante”.

Rangel Júnior disse que o acesso ao complexo tem sido um desafio devido às condições das estradas, principalmente no período de chuva. Ele solicitou ao vice-governador apoio no sentido de pavimentar a área que fica localizada na BR-230. Rômulo se manifestou solidário ao pleito e disse que vai se empenhar para realizar a obra, ressaltando ainda que sempre teve uma relação muito particular com a instituição, tendo participado das principais lutas e conquistas, como a estadualização, o reconhecimento pelo MEC e a implantação da Lei da Autonomia.

A audiência também contou com a presença do vice-reitor Ethan Barbosa, do procurador da UEPB, professor Ebenezer Pernambucano, e das pró-reitoras Marcionila Fernandes (Pós-Graduação), Maria José (Planejamento), Célia Regina (Administração), Giovana Ferreira (Finanças) e Eliane Moura, coordenadora de Projetos Especiais.

Tribunal de Contas – No segundo momento da reunião, o vice-governador, Rangel Júnior, Fábio Nogueira e Arnóbio Viana discutiram as parcerias do Governo do Estado e Universidade Estadual da Paraíba com o Tribunal de Contas. Durante o encontro, ficou acertado que a UEPB irá reativar as parcerias com TCE, oferecendo inicialmente dois cursos de Especialização na área de Organização e Administração Pública e Gestão e Administração Pública Municipal. Cada curso, destinado a servidores do Tribunal de Contas, funcionará com 25 vagas. As especializações, inclusive, já foram aprovadas pela Capes.

Além disso, a UEPB deve abrir novas vagas para um curso de Graduação em Administração Pública, realizado em parceria com o TCE, e futuramente implantar um mestrado na mesma área.

Os convênios renovados preveem a ampliação de planos de trabalho voltados para o campo da educação e qualificação de pessoal. A finalidade dos cursos é fortalecer o caráter da cidadania, na medida em que aperfeiçoa o trabalho dos agentes públicos e aprimora a percepção da sociedade para a fiscalização do dinheiro público, tendo em vista que a capacitação de servidores para a área da gestão pública é essencial para o bom funcionamento das instituições.