João Pessoa
Feed de Notícias

Rômulo abre campanha estadual de combate ao tabagismo

sexta-feira, 14 de março de 2014 - 17:00 - Fotos: 

O governador em exercício, Rômulo Gouveia, abriu na manhã desta sexta-feira (14), no auditório da PBTur, a Campanha Estadual de Combate ao Tabagismo, que este ano tem como tema “Tabagismo na área hoteleira”, tendo em vista o aumento do fluxo de turistas em hotéis, bares e restaurantes no período do Copa do Mundo.

Promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde e da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa/PB), a campanha terá palestras direcionadas especialmente para os responsáveis pelos hotéis, pousadas, bares e restaurantes instalados na orla marítima de João Pessoa. A estimativa do Inca é que 2.500 pessoas morrem por ano na Paraíba em decorrência do fumo.

O governador em exercício, Rômulo Gouveia, destacou a importância da Paraíba ser um dos primeiros estados do país a implantar a Lei Antitabagismo em ambientes fechados e de investir em campanhas educativas contra o fumo e pela preservação da vida. “Os resultados já podem ser observados na redução nos últimos anos dos índices de fumantes. A Paraíba, segundo dados do Ministério da Saúde, possui 11,5% da população de fumantes, bem abaixo da média nacional, que é de 14%”.

Rômulo Gouveia destacou que é uma preocupação do Governo da Paraíba e dos órgãos de vigilância em saúde reduzir o consumo do cigarro e ficamos felizes em ver resultados que contribuem para a preservação da saúde da população. “Este é um ano em que se espera um número bem maior de turistas na Paraíba devido a Copa do Mundo e é necessário a sensibilização dos funcionários de hotéis e restaurantes para ajudarem no respeito à lei que proíbe o fumo em locais fechados”.

A diretora geral da Agevisa/PB, Glaciane Mendes, enfatizou que as campanhas contra o tabagismo são contínuas e com uma legislação efetiva como a que proíbe o uso do cigarro em ambientes fechados. “Pesquisas revelam que o uso do cigarro tem diminuído nas classes mais altas e pessoas com maior escolaridade, mas cresce nas classes de menor renda e escolaridade. Precisamos de leis mais duras, pois já está comprovado por pesquisas que o fumo ocasiona câncer de pulmão, laringe e mama”, destacou.

A representante da Anvisa, Vânia Câmara, afirmou que o Brasil tem um histórico cultural em que era elegante fumar e, ao longo do tempo, isso vem sendo desconstruído diante da comprovação de que o fumo faz mal à saúde e ocasiona doenças como o câncer. “Em nossa palestra explicamos que as campanhas não são contra o fumante, mas contra o hábito e a conscientização de que é proibido fumar em locais fechados e o respeito às pessoas que não fumam”, disse.

O presidente da Associação de Bares e Restaurante da Paraíba (Abrasel-PB), Marcos Mozzini, ressaltou que o setor de bares e restaurante sempre estará ao lado desta campanha que valoriza a vida e a saúde das pessoas. “Essa foi uma lei que inicialmente gerou algumas dificuldades, mas logo os clientes assimilaram e respeitaram não fumando em ambientes fechados em respeito às pessoas que estão ao redor. Continuaremos apoiando essa ideia pela vida”, completou.

Participaram da solenidade a diretora técnica de Ciência, Tecnologia Médica e Correlatos da Agevisa/PB, Helena Teixeira de Lima Barbosa, a gerente operacional de Vigilância em Saúde da SES, Bernardete Moreira, o diretor de Economia e Fomento da PBTur, Francisco Linhares, o presidente da Abrasel/PB, Marcos Mozzini, e o vice-presidente da ABIH/PB, Tadeu Sobreira Pinto.

Panfletagem- Ainda nesta sexta-feira (14), a partir das 18h, a equipe do Governo do Estado estará no Busto de Tamandaré, nas proximidades do Hotel Tambaú e da praia do Cabo Branco, informando e orientando as pessoas que passarem pelo local, assim como as que estiverem em lanchonetes da área, e distribuindo material informativo sobre o tratamento do fumante na Paraíba, os males do tabagismo passivo e a questão da fiscalização.