João Pessoa
Feed de Notícias

Rodada de Negócios movimenta cerca de R$ 150 mil no Salão de Artesanato

quarta-feira, 13 de junho de 2012 - 17:56 - Fotos: 

Foto: Claudio Goes/Secom-PB

Onze lojistas das regiões Sudeste e Nordeste, que participaram da 1ª Rodada de Negócios do Artesanato Paraibano, em Campina Grande, movimentaram cerca de R$ 150 mil na compra de peças, nesta quarta-feira (13). Eles negociaram diretamente com os artesãos e prometem voltar no próximo ano ao Salão de Artesanato para novas compras.

Na comitiva, estava Marta Chagas Marques, de Niterói, Rio de Janeiro. “Fiquei encantada com a diversidade do artesanato com cerâmica, madeira, algodão colorido e brinquedos, entre outras tipologias. Por isso, comprei vários itens”, revelou Marta. Ela comentou que conhecia o artesanato paraibano nas feiras que participou em outros estados.

Lojista em São Paulo, Ricardo Pedrosa destacou que o artesanato do Estado é um dos mais belos do Brasil e muito valorizado no Sudeste. “Participando de várias feiras, pude avaliar que o artesanato da Paraíba é um dos mais bem feitos e sofisticados. O que é mais importante é a carga cultural, o que torna mais atrativa do que muitos produtos importados de outros países, como a China. Trabalho com mercadorias para decoração, vejo a grande diferença, por isso estou aqui pela terceira vez para adquirir a peças”, enfatizou Ricardo.

Também participou da Rodada de Negócios a empresária Maria do Carmo Soares, que tem três lojas em Maceió (AL). “Não vi uma feira tão variada com madeira, fios, fibra, cerâmica, algodão colorido, metal, couro, pedras, brinquedos e artesanato indígena”, ressaltou a lojista.

A artesã Maria José Rodrigues, do município de Serra Branca, comemorou as vendas e espera comercializar todas as peças até o final do evento, em 30 de junho. Ela produz peças em cerâmica, que vão desde produtos de decoração a utilitários, como panelas. Sua principal obra, intitulada “Simplesmente Mulher” varia em torno de R$ 45 e R$ 500, dependendo do tamanho.

Balanço – A gestora do Programa de Artesanato da Paraíba, Ladjane Barbosa, disse que a rodada de negócios atendeu a seus objetivos.  “A rodada foi realizada pela primeira vez com o objetivo de formar uma ponte entre os artesãos e compradores. Cada lojista escolheu, em média, 20 produtores”, disse Ladjane.

O 16º Salão de Artesanato da Paraíba funciona na Avenida Prefeito Severino Bezerra de Cabral, 510, bairro do Catolé, em Campina Grande. Para o público em geral, o Salão é aberto de segunda à sexta-feira, das 15h às 22h, nos sábados e domingos das 14h às 22h, e nos dias 23 e 29 de junho das 10h às 22h. A entrada é franca.