João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo visita obras do Parque de Bodocongó e do entorno do Estádio “O Amigão” em Campina Grande

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016 - 19:58 - Fotos:  José Marques/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho visitou, na tarde desta segunda-feira (22), as obras do Parque de Bodocongó e de urbanização e pavimentação das ruas do entorno do Estádio Governador Ernani Sátiro, “O Amigão”, em Campina Grande. A vice-governadora Lígia Feliciano e o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, acompanharam a visita.

Inicialmente, Ricardo Coutinho foi ao Parque de Bodocongó, onde viu as plantas com o andamento da obra e vistoriou as etapas que estão sendo executadas. “O Parque de Bodocongó é uma obra que trará uma mudança significativa no cotidiano dos cidadãos de Campina Grande. Ele se tornará essencial para a cidade, sendo um espaço de integração, lazer e um atrativo para o turismo. Estamos restaurando esta área e queremos entregar esta obra aos campinenses ainda este ano”, destacou o governador.

De acordo com a diretora-superintendente de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Simone Guimarães, o Parque de Bodocongó será um local de convergência de diversas atividades para a Rainha da Borborema. “O parque contará com restaurante, pista de skate, calçadas, ciclovias, praças, quiosques, orquidário, estacionamentos, entre outros, e deve ser concluído em breve. A primeira etapa está prevista para ser entregue no mês de junho deste ano”, disse.

Logo após visitar o Parque de Bodocongó, o governador foi até o bairro Catolé para inspecionar as obras do entorno do Estádio “O Amigão”. Na localidade, as ruas Tenente Adelino Barbosa de Belo, Francisco Alves Pereira, Engenheiro Wilson Gonçalves de Oliveira, José Félix Silva, Professora Maria José Lira, Saulo Correia Menezes e Doutor Romero Borborema de Souza foram contempladas com 23.052,00 m² de pavimentação em paralelepípedo e 10.158,00m² em piso intertravado. Também foi executado 1.375,00m de drenagem em tubo de concreto e feita uma ciclovia.

Simone Guimarães destacou que o investimento total nestas ruas foi de R$ 3.780.829,05 e que a obra beneficiou os moradores do bairro Catolé e das redondezas. É o caso da aposentada Ana Rita Souza, que gosta de fazer caminhada, mas tinha dificuldades porque as ruas eram esburacadas. “Tenho 61 anos e por orientação médica preciso fazer atividade física. Agora eu posso caminhar tranquila por essas ruas, já que os buracos não existem mais. Ficou muito bom pra mim e para outras pessoas que também gostam de caminhar e andar de bicicleta por aqui”, comemorou.