João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo visita call center e recebe garantia de nova unidade

terça-feira, 19 de março de 2013 - 15:51 - Fotos:  Francisco França / Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho visitou na noite desta segunda-feira (18) o call center da empresa A e C, instalado no antigo Jampa Hall, em Mangabeira, que entrou em operação no dia 1º de março, com 900 funcionários. Até o final do ano, a empresa terá uma nova unidade, chegando ao total de 4 mil postos de trabalho em João Pessoa.

Acompanhado da secretária de Finanças, Aracilba Rocha, e do secretário executivo de Indústria e Comércio, Marcos Procópio, o governador foi recebido pelo presidente da A e C, Alexandre Moreira, e pelos gerentes da unidade na capital.

Ricardo parabenizou os gestores da empresa, destacando o trabalho do Governo do Estado na captação da empresa mineira que hoje já gera mais de 5 mil empregos em João Pessoa e Campina Grande.  “É com muita satisfação que vejo tantos jovens trabalhando. Dá para ver nos olhos de cada um a satisfação de estar ganhando seu dinheiro e dando passos importantes para o crescimento profissional”, destacou.

O executivo Alexandre Moreira fez uma avaliação positiva dos primeiros dias de operação e apresentou os planos da empresa de até o final do mês de junho implantar uma nova unidade de contact center no bairro de Mangabeira VI, que irá gerar inicialmente mais 900 postos de trabalho. Ele afirmou que a meta da empresa é terminar o ano com mais de 4 mil postos de trabalho em João Pessoa. “Estamos muito satisfeitos de ter escolhido João Pessoa e Campina Grande pela oferta de mão de obra qualificada e comprometida com a produtividade da empresa”, ressaltou.     

O gerente de Recursos Humanos da A e C, Daniel Perdigão, adiantou que a nova unidade a ser implantada será maior. “Nossa primeira experiência foi em Campina Grande e um dos destaques foi a qualificação dos jovens”, disse.

Daniel destacou o plano de promoção da empresa, que em 15 dias de operação já promoveu 35 operadores para a função de monitores. “A nossa política é priorizar as promoções internas e somente quando não encontramos os perfis adequados vamos buscar no mercado”, explicou.

Promoções – Uma das funcionárias promovidas foi a estudante de Relações Internacionais Mayara Rodrigues, 19 anos, que entrou na empresa como operadora e passou numa seleção para ser instrutora. “Estes 15 dias na empresa A e C estão sendo de muitas conquistas. É uma chance importante e vou dar o meu melhor para a empresa”, afirmou.

O estudante Rodrigo Silva Leitão, 20 anos, também foi promovido para monitor de qualidade e está satisfeito com o novo emprego. “Trabalhamos em um ambiente tecnológico, moderno e confortável, onde os gestores reconhecem o potencial de cada funcionário. Quero continuar crescendo na empresa e conciliar o horário com o curso de Administração de Empresas que vou iniciar ainda este ano. Como o trabalho é de seis horas e a empresa apóia quem estuda, acredito que será possível”, completou.