João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo se reúne em Brasília com bancada e inicia agenda

quinta-feira, 31 de março de 2011 - 14:17 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho (PSB) se reuniu, na manhã desta quinta-feira (31), com a bancada federal da Paraíba. O encontro ocorreu na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal e serviu para traçar uma agenda de desenvolvimento com as obras e projetos prioritários para o Estado. O governador discutiu com a bancada os projetos prioritários e entregou um resumo das propostas levantadas na 1ª Conferência de Desenvolvimento Sustentável realizada na semana passada. 
 
Durante a reunião, ficou definido que a próxima reunião da bancada acontecerá no Palácio da Redenção, na sede do Governo do Estado. Além disso, também ficou acertado o agendamento de uma visita do governador e da bancada federal a presidente Dilma Rousseff e a proposta do deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) de que seja formada uma comissão com representantes do governo, da Câmara Federal e do Senado para encaminhar demandas no Congresso e junto ao Governo Federal.   

O encontro, que durou quase duas horas, contou com a participação do vice-governador Rômulo Gouveia (PSDB), do senador Cícero Lucena (PSDB) e dos deputados federais Ruy Carneiro (PSDB), Romero Rodrigues (PSDB), Efraim Filho (DEM), Luiz Couto (PT) e do representante do deputado Damião Feliciano (PDT), o chefe de gabinete Adauto Fernandes. Já os senadores Vitalzinho e Wilson Santiago, e os deputados federais Hugo Mota (PMDB), Nilda Gondim (PMDB), Wilson Filho (PMDB), Manoel Júnior (PMDB), Aguinaldo Ribeiro (PP) e Wellignton Roberto (PR), faltaram ao encontro. 

Ricardo classificou o encontro como histórico por entender que quem tem mandato deve dialogar para que os interesses da população sejam encaminhados com mais força. Ele preferiu não fazer julgamento de valor em relação à ausência da bancada de oposição, mas acrescentou que os paraibanos têm o juízo de valor de quem está colaborando com os pleitos do Estado e saberão reconhecer isso. “É uma postura fundamental para nos tirar do primitivismo político”, completou.O governador acrescentou que sai da reunião bastante satisfeito pela abertura de uma perspectiva de avanço, e como governante está aberto ao dialogo com todos, independentemente do partido ou grupo político que representa. 

Dentre os projetos apresentados pelo governador estão investimentos no Porto de Cabedelo e a recuperação da ferrovia que está com uma parte desativada e pode integrar de Cajazeiras até Cabedelo com o transporte de cargas. Foram encaminhados ainda a criação de uma Zona de Exportação em Santa Rita e um Porto Seco (Aduana) em Campina Grande; uma rodovia para escoamento da produção de coco em São Gonçalo, em Sousa; verbas para a conclusão do Centro de Convenções e a construção da Alça Noroeste em Campina Grande. “Temos um mapa que mostra onde a Paraíba pode avançar e é preciso o empenho da bancada federal para tocar um projeto de Estado para uma geração adiante”, destacou.

O deputado federal Ruy Carneiro, que articulou o encontro do governador com a bancada, destacou que a reunião serviu como ponta-pé inicial para a formação de um pacto pela Paraíba, que fará com que o Estado tenha mais sucesso nos seus pleitos. Ele minimizou a ausência da oposição justificando que o senador Wilson Santiago informou que a oposição agendou uma reunião para a próxima terça-feira (5) para definir prioridades da bancada que serão levadas para um futuro encontro com o governador Ricardo Coutinho.

 
O senador Cícero Lucena afirmou que a sua disposição, independentemente da posição política, é de contribuir para a definição de uma agenda de desenvolvimento para a Paraíba que possa equacionar os problemas vivenciados no Estado.  Ele garantiu que irá brigar no Senado para projetos que considera importantes como a construção da Alça Noroeste e a instalação de Zonas de Exportação em Campina Grande e Cajazeiras.  
  
O deputado federal Efraim Filho lamentou a ausência da bancada de oposição e disse que se eles mantiverem essa postura não terão autoridade para cobrar projetos e ações para o Estado.  Efraim sugeriu investimentos em projetos na área de educação como a instalação de mais Institutos Federais Tecnológicos na Paraíba, além da construção do Hospital Metropolitano em Santa Rita, a reestruturação do Porto de Cabedelo e do projeto que apresentou na Câmara cobrando ICMS no comércio eletrônico. 

Em tom de desabafo, o deputado federal Luiz Couto disse que a bancada de oposição demonstrou que continua com uma visão estreita, atrasada e mesquinha que há muito tempo prejudica o Estado. Ele ressaltou que estará atento para inserir as prioridades do Estado no Plano Pluri Anual (PPA) até o dia 31 de agosto e na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).  A unidade da bancada é importante para que a Paraíba receba mais verbas para tocar os projetos e obras estruturantes que coloque o Estado no nível de desenvolvimento dos demais Estados nordestinos.