João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo renova parceria cardiológica que já atendeu mais de 40 mil crianças

sexta-feira, 8 de novembro de 2013 - 10:44 - Fotos:  Ricardo Puppe

O governador Ricardo Coutinho anunciou a liberação de R$ 6 milhões para a continuidade do Projeto Círculo do Coração na Paraíba. O programa funciona há dois anos e é resultado da parceria que organizou a Rede de Cardiologia Pediátrica Pernambuco-Paraíba, que atendeu 40 mil crianças paraibanas. O anúncio ocorreu na abertura do “2º Simpósio Internacional de TeleCardiologia Pediátrica”. O evento foi aberto na quinta-feira (7) e se encerra nesta sexta-feira, no auditório do Unipê, em João Pessoa.

Quando esse projeto foi apresentado, aceitei imediatamente. Avaliei que tínhamos tudo para dar certo: garantiríamos uma boa qualificação e, ao mesmo tempo, construiríamos uma política pública de saúde importante nesse setor. Hoje, vemos que muitas das crianças que passaram pelo projeto poderiam ter enfrentado problemas gravíssimos. Por isso, nós vamos duplicar o valor do investimento e cobrir 90% dos municípios. Ainda iremos reformar o Hospital Pediátrico Arlinda Marques, aumentando o número de leitos nas UTI”, adiantou o governador.

O secretário de Estado da Saúde, Waldson Souza, lembrou que a Paraíba é pioneira no projeto do Círculo do Coração. “Muitos Estados estão perguntando como fizemos e vamos mostrar. E um detalhe importante é que, depois deste projeto, não há nenhuma demanda judicial na área de cardiologia pediátrica”, declarou.

A secretária executiva da Saúde, Cláudia Veras, destacou os avanços na cardiologia pediátrica disponibilizada na Paraíba. “Esta parceria com o Círculo do Coração demonstrou que é possível superar a distância geográfica e a dificuldade de acesso, através da telemedicina e, especialmente, o quanto a população da Paraíba ganhou com esta decisão”, disse Cláudia Veras.

A presidente do Círculo do Coração, Sandra Mattos, também ressaltou os resultados da parceria. “Até 2010, o diagnóstico era tardio e a criança ainda tinha que sair do Estado. Foi quando fomos conversar com o governador Ricardo Coutinho e fechamos uma parceria na qual o Estado investiu R$ 3 milhões, e o resultado foi além das nossas expectativas. Este projeto tem um impacto enorme em saúde pública e digo sempre que paciência, persistência e boa vontade são as chaves do sucesso”, enfatizou.

Sandra lembrou que, além das atividades permanentes, houve as pontuais como a “Caravana do Coração” em julho, que percorreu oito cidades paraibanas. Na ocasião, foi disponibilizada avaliação cardiológica clínica e por imagem de 512 crianças e gestantes. A ação resultou no mutirão de cirurgias cardíacas, no mês de outubro, no Complexo Pediátrico Arlinda Marques, com 30 cirurgias realizadas em duas semanas.