João Pessoa
Feed de Notícias

Presidência do BNDES acena parceria com o Empreender Paraíba

sexta-feira, 6 de maio de 2011 - 19:02 - Fotos:  João Francisco/Secom-PB

 

Na audiência, Luciano Coutinho elogiou Empreender Paraíba - João Francisco/Secom-PB

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), Luciano Coutinho, declarou que a instituição quer ser parceira do programa Empreender Paraíba, que tem um mérito indiscutível na geração de emprego e renda e na oportunidade para as pessoas estruturarem suas vidas. “Temos um interesse enorme em financiar junto com o Governo do Estado este programa, porque se alinha à nossa política de microcrédito”, explicou.

Em audiência no Palácio da Redenção na tarde desta sexta-feira (6), o presidente do BNDES e o chefe do Departamento Regional Nordeste, Paulo Ferraz Guimarães, foram recebidos pelo governador Ricardo Coutinho, que reivindicou a formalização de uma parceria estratégica entre o governo e o banco de fomento para apoiar as cadeias produtivas promovidas pelo Empreender Paraíba.

O governador Ricardo Coutinho falou sobre o Empreender Paraíba, que nesta 1ª etapa terá um aporte financeiro de R$ 5 milhões para apoiar com crédito pessoas físicas e jurídicas, cooperativas e associações para a criação e a ampliação de negócios. Ele ressaltou o interesse em priorizar investimentos em arranjos produtivos no interior do Estado em áreas como confecções, mineração, calçados, agricultura e fabricação de redes.

Ricardo destacou a importância do encontro pela oportunidade de estabelecer uma discussão dos projetos da Paraíba, que servirão como âncora para ativar as cadeias produtivas e impulsionar o desenvolvimento do Estado. Para o governador, o BNDES será importante para incrementar esse programa, que vai impulsionar a economia da Paraíba de baixo para cima.

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, informou que a Paraíba só havia utilizado, até o início do ano, parte dos recursos do Programa Emergencial de Financiamento 1 (PEF) e que só agora chega próximo aos 80%. “Esperamos agora acionar os R$ 287 milhões do segundo empréstimo para trazer oxigênio na capacidade de investimento em projetos estruturantes do Estado”, completou.

O BNDES já liberou no primeiro trimestre deste ano na Paraíba R$ 83,3 milhões, volume 13,5% maior que o realizado no mesmo período do ano passado (R$ 73,4 milhões). As operações de desembolso também cresceram em 61,7% este ano, com 1.566 realizadas este ano e 968 em 2010. Grande parte das operações é de apoio a micro e pequenas empresas, segundo levantamento do próprio BNDES.

Durante a reunião, o governador e o secretário de Planejamento do Estado, Gustavo Nogueira, destacaram a importância para o governo, que se aproxima dos 80% da aplicação dos recursos do PEF-1, receber a 1ª parcela do PEF-2, que representa cerca de 50% de uma liberação total de R$ 287 milhões que serão destinados à Paraíba.

Gustavo Nogueira informou que a segunda parcela dos recursos do BNDES será priorizada para projetos como a construção do Centro de Convenções, de novas habitações e de saneamento. “Foi uma reunião muito positiva pelo fato de Luciano Coutinho informar que existe uma grande possibilidade do banco de fomento começar a disponibilizar os recursos do PEF-2”, avaliou.

Na ocasião, o presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, também encaminhou ofício ao BNDES solicitando apoio financeiro para execução de um projeto de instalação de 205 mil hidrômetros com objetivo de reduzir perdas de água e de arrecadação da companhia.  O pleito foi recebido pelo presidente que se comprometeu a avaliar o projeto.

Também participaram da reunião o vice-governador Rômulo Gouveia, o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, o secretário executivo chefe da Casa Civil, Lúcio Flávio, o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Renato Feliciano, a secretária de Finanças, Aracilba Rocha, o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, João Azevedo e o gestor do Empreender Paraíba, Tárcio Pessoa.