João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo prestigia posse do novo desembargador do Tribunal de Justiça

sexta-feira, 6 de setembro de 2013 - 09:00 - Fotos:  Francisco França/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho prestigiou a posse do novo desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, Oswaldo Trigueiro do Vale Filho, nessa quinta-feira (5), no auditório do Tribunal de Justiça. Durante a solenidade, Ricardo destacou a trajetória do ex-Procurador Geral de Justiça e a contribuição para o Ministério Público.

A própria trajetória de Oswaldo Trigueiro aponta para um fortalecimento do Poder Judiciário. É um jovem que vem do Ministério Público onde foi Procurador Geral de Justiça e deixou uma marca. Hoje, pelos seus méritos, se torna desembargador após ter sido o mais votado na lista tríplice do Quinto Constitucional”.

Ricardo Coutinho também afirmou que espera que o desembargador Oswaldo Trigueiro do Vale Filho contribua cada vez mais com o processo de qualificação do Poder Judiciário e de uma Justiça mais ágil e igualitária. A cerimônia de posse foi prestigiada por autoridades públicas e do meio jurídico.

Oswaldo Trigueiro foi empossado pela presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Fátima Bezerra, após ser conduzido ao recinto pelos desembargadores Joás de Brito Pereira Filho e José Ricardo Porto. Ele foi saudado pelo desembargador Fred Coutinho, também egresso do Ministério Público, que falou em nome dos demais desembargadores.

O desembargador Oswaldo Trigueiro defendeu em seu discurso uma Justiça mais próxima dos “direitos da rua” e mais igualitária. “É hora de lançarmos um pacto em torno da igualdade como verdadeiro critério de julgamento. Mérito e necessidade devem obedecer a concepção da ordem social e não conveniência de poucos”, destacou.

Oswaldo afirmou que assume o cargo com muita responsabilidade e com o propósito de emprestar a sua experiência de promotor público dentro do Tribunal.

“A Justiça precisa ter uma visão sistêmica e, para isso, a Justiça, o Ministério Público e a Defensoria Pública devem estar comprometidos com um serviço jurisdicional mais compatível no sentido de igualdade que deve permear a Justiça do Estado e do país. Vamos mergulhar nos problemas, com muita unidade, paz, harmonia e perseverança”, adiantou.

A presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti, disse que a expectativa de todos os novos colegas é positiva. “Um membro deste quilate, com larga experiência como gestor no Ministério Público, e voltado para a ética e moralidade pública, só vai enriquecer os debates e fazer com que cresçamos em conhecimento”, ressaltou a magistrada.