João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo participa de velório do Arcebispo Emérito da Paraíba, Dom José Maria Pires

terça-feira, 29 de agosto de 2017 - 19:11 - Fotos:  Francisco França/Secom Pb

O governador Ricardo Coutinho esteve presente, nesta terça-feira (29), no velório do Arcebispo Emérito da Paraíba, Dom José Maria Pires, ocorrido na Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa. O governador e uma multidão de fiéis se despediram de Dom José, que faleceu no último domingo (27), aos 98 anos, em Minas Gerais. Ricardo Coutinho estava acompanhado pelo secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevêdo, e deputados estaduais.

O governador enfatizou que Dom José Maria Pires era um exemplo de fé e de luta pelas causas sociais. “Perdemos um dos mais lúcidos bispos da Igreja brasileira. Ele foi um homem profundamente iluminado com posturas corajosas e uma determinação muito forte. Dom José é uma daquelas pessoas que socorreu o povo nos momentos mais difíceis, durante quase trinta anos. Foi um homem de extrema bondade e um coração enorme”, frisou o Ricardo Coutinho.

Arcebispos, bispos, padres, diáconos, além de representantes das Arquidioceses de outros estados participaram da celebração presidida pelo arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson. “É uma perda irreparável, mas ganhamos um grande intercessor. Então com a morte de Dom José Maria Pires fica o legado e o exemplo deste homem de Deus. Que ele fique eternizado com seu jeito simples e tranquilo no coração de todos”, falou o arcebispo.

O presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia, também participou da celebração e comentou: “Dom José Maria Pires deve ser lembrando para sempre pelo povo paraibano e que os ensinamentos dele sirvam para as próximas gerações”.

“Ele era um verdadeiro guia para o povo católico. Um homem bondoso que acolhia os fiéis e aconselhava como se fosse um pai. Estou triste pela partida de Dom José Maria Pires, mas feliz porque sei que ele se encontrou com Deus”, disse a dona de casa Cristina Sobral, que fez questão de ir se despedir de Dom José Maria Pires.

Dom José nasceu no dia 15 de março de 1919, na cidade de Córregos, Minas Gerais. Filho de Eleutério Augusto Pires e de Pedrelina Maria de Jesus, foi ordenado presbítero no dia 20 de dezembro de 1941, em Diamantina, Minas Gerais e em 25 de maio de 1957, recebeu a nomeação episcopal, e a sagração ocorreu no dia 22 de setembro do mesmo ano, também em Diamantina.

Foi nomeado Arcebispo da Paraíba em 1966, ficando no cargo até 1995, quando renunciou em 29 de novembro. Abraçou a causa dos mais humildes e foi uma voz em defesa dos perseguidos.