João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo participa da solenidade de posse de Rogério Fialho na presidência do Tribunal Regional Federal

segunda-feira, 21 de setembro de 2015 - 20:38 - Fotos:  Francisco França/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho participou, no final da tarde desta segunda-feira (21), em Recife, da solenidade de posse do novo presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, Rogério Fialho Moreira desembargador federal, paraibano da cidade de Araruna. O evento contou com a presença de quatro governadores, senadores, deputados, ministros do Superior Tribunal de Justiça, do Tribunal de Contas da União, dentre outras autoridades.

Na ocasião, Ricardo Coutinho afirmou que o desembargador federal Rogério Fialho cumpre uma carreira vitoriosa. “Indiscutivelmente, honra as melhores tradições jurídicas da Paraíba, incorpora na sua caminhada e também para o Estado o honroso cargo de presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região e naturalmente qualifica o Poder Judiciário do TRF”, destacou.

Ricardo enfatizou ainda que como cidadão, amigo do desembargador Rogério Fialho e como governador da Paraíba é uma “satisfação imensa” ter um paraibano à frente do Tribunal Regional Federal.

Ao ser empossado, o desembargador federal Rogério Fialho afirmou que dará continuidade ao que foi planejado pelo ex-presidente Marcelo Navarro, que agora é ministro do Superior Tribunal de Justiça. “Claro, acrescentando um toque pessoal principalmente na área de pessoal. Entendo que o que há de mais importante na Justiça Federal do país é o seu quadro de servidores, altamente qualificado e treinado. Então pretendemos cada vez mais continuar investindo em nosso quadro de servidores”, disse. Ele ressaltou ainda que sua gestão investirá também no processo eletrônico para que seja cada vez mais aperfeiçoado.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino, é uma satisfação a chegada de um paraibano a um importante Tribunal. “Isto é o coroamento de uma trajetória de jurista eficiente, de uma vida pública com muita transparência, e ele chega para fazer um grande trabalho como presidente do TRF-5 e vai galgar nossos espaços”, comemorou. Acompanharam Adriano Galdino os deputados Renato Gadelha, João Gonçalves e Tovar Correia Lima.

O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Marcos Cavalcanti, afirmou que o desembargador Rogério Fialho é um amigo de longas datas. “É um grande jurista, um grande administrador também, foi diretor do Fórum Federal em João Pessoa e com certeza também fará uma grande administração à frente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região”, ressaltou.

O ex-presidente do TRF-5, Marcelo Navarro, agora ministro do Superior Tribunal de Justiça, fez a saudação a Rogério Fialho e afirmou que “para o Tribunal a presidência de Rogério é garantia de continuidade administrativa, porque ele é um juiz brilhante, não apenas como magistrado, como julgador, mas também como administrador”.

De acordo com o senador José Maranhão, Rogério Fialho chega ao TRF-5 em um momento importante da vida nacional. “Homens da formação jurídica de Rogério Fialho com vínculos profundos com a nossa terra, todos nós depositamos grande esperança e com justificada razão”, pontuou.

O advogado Walter Agra, conselheiro federal da OAB Nacional, fez a saudação em nome da OAB. O ministro presidente do Superior Tribunal de Justiça, Francisco Falcão, o presidente do Tribunal de Contas da União, Vital do Rego Filho, o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador João Alves, o presidente da OAB-PB, Odon Bezerra, o arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, o secretário da Comunicação Institucional, Luís Torres, e o procurador geral do Estado, Gilberto Carneiro, além do presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Arthur Cunha Lima e do secretário de Representação Institucional do Governo do Estado em Brasília, Lindolfo Piresdos, e dos governadores Paulo Câmara (Pernambuco), Robinson Faria (Rio Grande do Norte) e Renan Filho (Alagoas) e diversas outras autoridades também prestigiaram o evento realizado no Pleno do TRF-5.