João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo participa da abertura da programação do IGF 2015

segunda-feira, 9 de novembro de 2015 - 20:57 - Fotos:  José Marques/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho participou, na tarde desta segunda-feira (9), no Centro de Convenções de João Pessoa, da solenidade de abertura da programação da 10ª edição do Fórum de Governança da Internet (IGF 2015) e afirmou que o evento promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU) lança a Paraíba como porta de entrada do Brasil nas grandes discussões de tecnologia.

Ricardo ressaltou que o Estado está na primeira etapa da implantação de fibra ótica, mas que, quando concluídas as duas etapas, passará a contar com 3 mil quilômetros dessa tecnologia em 55 cidades paraibanas. Ele disse também que o Estado está universalizando os tablets para os estudantes do ensino médio e continua fazendo políticas diferenciadoras que estão colocando a Paraíba no caminho da tecnologia.

O governador destacou a importância da construção de um equipamento do porte do Centro de Convenções de João Pessoa. “O IGF 2015 tem forte impacto no turismo, o que demonstra que a Paraíba era uma e passou a ser outra após o Centro de Convenções”, ressaltou, adiantando que, com o número de grandes eventos já agendados, a exemplo desse Fórum de Governança de Internet e do Congresso de Epidemiologia e Aids, agendado para o próximo dia 17, o turismo, a rede hoteleira, restaurantes e bares, além de outros serviços, vão aumentar a geração de emprego e renda no Estado.

Ricardo Coutinho observou que esse evento poderia estar acontecendo no Rio de Janeiro, São Paulo, numa cidade do México, em Paris, ou em qualquer outro lugar, mas foi escolhido o Nordeste do Brasil, contemplando João Pessoa. “Uma rota que seria impensável há quatro anos. Agora nós abrimos a porta. Tudo que for feito, mesmo aqueles eventos que não venham pra cá, vão ter um ponto, e tudo isso combina com nossa história, nossa luta pela democratização da sociedade”, afirmou, enfatizando que a internet ajuda nesse processo.Ele lembrou da articulação realizada pelo Governo do Estado e o investimento feito para que a Paraíba sediasse o evento que traz ministros de vários países, representantes das maiores empresas de telecomunicações, além de cerca de três mil pessoas para João Pessoa. “Os organizadores do evento estão bastante satisfeitos com a estrutura oferecida pela Paraíba e tudo isso é importante para os paraibanos e pra mim, uma vez que estamos colhendo o que conseguimos plantar”, pontuou o governador, lembrando que participam do evento 170 países que estão interligados na internet assistindo tudo até o dia 13.

Acesso à internet – Já o ministro das Comunicações, André Figueiredo, disse ser um prazer estar em João Pessoa, cidade de belas praias num evento que busca a democratização da internet e ressaltou a importância desta 10º edição ser realizada na Capital do Estado, graças à estrutura do Centro de Convenções. Ele afirmou que o direito do acesso à cultura passa pelo direito do acesso à internet.

Por sua vez, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, disse que não se pode imaginar o mundo sem a grande rede funcionando do ponto de vista das pesquisas ou do bem-estar social, além das questões que envolvem cidadania. “Esse fórum reúne pensadores do mundo todo e vai tirar diretrizes que vão nortear o funcionamento da internet no mundo e estou aqui representando a presidenta Dilma, no sentido de que a internet tem que estar conectada às metas do milênio da ONU, que são as metas que trabalham a dimensão de um futuro melhor para a humanidade”, enfatizou.

Avanço – Logo após a solenidade, a vice-governadora Lígia Feliciano, disse que como paraibana está orgulhosa pelo evento que torna a Paraíba sede mundial da ONU, atraindo mais de 170 países. “Esse evento é fruto do trabalho do governador Ricardo Coutinho, que investiu na construção do Centro de Convenções e deu toda a logística para a realização desse evento. Tenho certeza que após esse evento o legado que ficará para a Paraíba em termo de turismo e tecnologia será de avanço para que o uso da internet na Paraíba seja ampliado pela população que ainda não tem acesso”, afirmou.

O diretor do Centro de Convenções de João Pessoa, Ferdinando Lucena, comentou que até o final do evento o centro será considerado território da ONU no Brasil. “O que significa dizer que o espaço estará sob uma coordenação com um nível de muito rigor e exigência. A Paraíba foi escolhida pelo Centro de Convenções, pelo apoio do Governo da Paraíba e pela experiência exitosa da Copa do Mundo de Robótica (Robocup) que foi assistida por representantes da ONU. Tudo isso nos proporciona know-how na área de organização”, frisou.

IGF 2015 – O Fórum de Governança da Internet (IGF) acontece até a sexta-feira (13), no Centro de Convenções de João Pessoa, e é a segunda vez que é realizado no Brasil, sendo que a primeira foi em 2007, no Rio de Janeiro. A edição 2015 do IGF tem como tema “Evolução da Governança da Internet: empoderando o desenvolvimento sustentável”.

A programação do ‘Dia 0’, nesta segunda-feira, foi realizada pelo país sede do IGF. A partir desta terça-feira (10) até a sexta-feira, o IGF vai realizar atividades com oito temáticas: Cibersegurança e confiança; Economia da Internet; Inclusão e diversidade; Abertura de acesso; Reforçando a cooperação multissetorial; Internet e os Direitos Humanos; Recursos críticos da Internet e Questões emergentes.